Vereador Marquinhos chama atenção para o alto índice de acidentes de trânsito na MA-203

Vereador Marquinhos chama atenção para o alto índice de acidentes de trânsito na MA-203

O vereador Marquinhos (DEM) manifestou preocupação com o elevado índice de acidentes  na  MA-203, em seu  discurso durante a sessão desta segunda-feira (20).

O parlamentar deixou um apelo ao governo do estado para que realize novas intervenções que ponham fim a esse problema, recordando os seis acidentes registrados em Setembro deste ano, no trecho.

“Quero pedir a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviço Públicos- MOB, o governo do estado , para que tomem as devidas providências para acabar com os acidentes naquela via. Que envie sua equipe para realizar intervenções urgentes na MA-203, três ou quatro retornos de quadra para cessar aquela situação caso contrário pessoas vão continuar morrendo”, concluiu.

O parlamentar  aproveitou e relembrou da reunião que teve recentemente  com o presidente da MOB, Daniel Carvalho,  onde sugeriu uma possível solução para organizar o trânsito e evitar os acidentes na via.

“Na nossa humilde opinião, depois de avaliar a situação com Daniel Carvalho, presidente da MOB, foi de que o governo fizesse três retornos de quadra, e que fechassem aqueles retornos dentro do canteiro central da via, que tem confundido muito os usuários da MA-203”,pontuou o Marquinhos.

Marlon Botão denuncia crimes ambientais na zona rural de São Luís

Marlon Botão denuncia crimes ambientais na zona rural de São Luís

Líder do PSB na Casa registrou sua preocupação com população afetada e destacou que tem procurado dialogar com os órgãos ambientais visando uma solução / Foto: Leonardo Mendonça

O vereador Marlon Botão Filho (PSB) denunciou, nesta segunda-feira (20), em sessão híbrida da Câmara Municipal de São Luís, o que considera um grave crime ambiental que está ocorrendo em comunidades da zona rural da capital maranhense.

Em discurso na plataforma digital, o parlamentar registrou que a construção de conjuntos residenciais nessa região estaria causando poluição e consequentes prejuízos às famílias que moram na localidade. Ele destacou que tem procurado dialogar com os órgãos ambientais visando uma solução.

“Eu uso esse espaço, que Deus e a cidade nos concederam, para tratar da questão ambiental na zona rural. A gente já acompanha há algum tempo essa situação e temos procurado dialogar com todas as entidades ambientais e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente – SEMA. Na semana passada, estive com a secretária Karla Lima, titular da Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMAM-, relatando nossa preocupação com os impactados do não tratamento correto do esgoto que tem afetado a produção agrícola e poluição da própria água que se consome dentro destas comunidades”, relatou o vereador.

Marlon Botão Filho informou que os esgotos produzidos por 1,3 mil moradias do Residencial Amendoeira, empreendimento do programa federal “Minha Casa, Minha Vida 2”, localizado no bairro Alegria, região do Maracanã, estão sendo despejados, em larga escala e de forma in natura, em propriedades privadas, que são áreas de brejo, e onde há nascentes do Rio Maracanã.

O líder do PSB na Casa disse ainda que além do mau cheiro, que exala na região, a situação tem causado maiores transtornos para quem tem plantios, como os juçarais. Ele relatou que vários peixes e “pés” de juçara já morreram, devido ao esgoto.

“Um exemplo muito claro é o que está passando a comunidade da Alegria, no bairro do Maracanã, onde a mesma foi impactada diretamente com o não tratamento do esgoto, com a falta do saneamento básico dos residenciais da Minha Casa Minha Vida que chegaram poluindo diversos poços artesianos, poluindo diversas nascentes dos rios, matando diversos juçarais e diversas árvores daquela região, configurando o crime ambiental”, completou.

Alumar retoma produção de alumínio e deve gerar mais 2.250 empregos no Maranhão

Alumar retoma produção de alumínio e deve gerar mais 2.250 empregos no Maranhão

Foi anunciado nesta segunda-feira (20) pela Alcoa Corporation que a Alumar planeja reiniciar a produção de alumínio, suspensa desde 2015. A previsão é de que mais 2.250 empregos sejam gerados no estado, entre 750 colaboradores diretos e 1.500 empregos indiretos.

O investimento será de cerca de R$ 400 milhões . A entrega do primeiro lingote de alumínio está prevista para o segundo trimestre de 2022 e a capacidade total de produção no quarto trimestre.

“Estamos avançando na cadeia produtiva do alumínio, substituindo importações, que custam para o Brasil. Com isso, trazemos investimentos e geramos empregos. Isso é fruto de um compromisso com o país e o estado do Maranhão, em um esforço coordenado com participação da empresa, governos e sociedade.”, disse o Diretor da Alumar, Helder Teixeira.

As oportunidades de trabalho, sendo administrativas ou operacionais, serão divulgadas no site da Alcoa e na página da empresa no LinkedIn.

Prisão de policial no Maranhão repercute na imprensa nacional

Prisão de policial no Maranhão repercute na imprensa nacional

O Globo

Uma soldada da Polícia Militar do Maranhão recebeu ordem de prisão de seu superior após se recusar a passar do horário de trabalho. Tatiane Alves fazia policiamento ostensivo a pé de um evento em comemoração ao aniversário da cidade de São Luís, que começou às 14h. Após cumprir o expediente, ela, que ainda amamenta o filho de 2 anos, foi impedida de retornar para casa e foi levada por uma viatura até o Comando Geral da PM, onde foi presa em flagrante por desobediência.

Segundo Tatiane, por volta das 20h, os policiais ficaram sabendo que o trabalho se estenderia até o término do evento. No entanto, eles não tinham nenhuma previsão. No local, o marido e o filho da policial presenciaram toda ação.

“Me direcionei ao superior do dia e comuniquei que não teria condições de permanecer no serviço porque não tinha condições físicas, não tinha alimentação e que além disso, precisava amamentar meu filho”, contou Tatiane em uma live divulgada em seu perfil do Instagram “Relatos de abuso Militar”, criado em 2021.

Ela contou ainda que o comandante da equipe, o tenente Mário Oliveira, não chegou a escutá-la e teria dito que caso não cumprisse a determinação que ela estaria presa por desobediência.

“Em nenhum momento ele quis me ouvir. Ele falou para mim que se eu não cumprisse a determinação dele que eu seria presa. Eu respondi pra ele que então eu seria presa porque não conseguiria permanecer no serviço e de imediato ele solicitou a viatura para me encaminhar até o Comando Geral da Policia Militar do Estado do Maranhão para que eu fosse conduzida por flagrante delito pelo crime de desobediência. Infelizmente, eu fiquei presa por 1 dia até ter um alvará de soltura”.

Após sair da prisão, a PM que está há quase 8 anos na corporação foi comunicada de sua transferência de posto. No entanto, depois do ocorrido, Tatiane pediu afastamento para fazer tratamento psicológico.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão diz lamentar o ocorrido e que “reforça seu comprometimento em mitigar condutas de membros da corporação, incompatíveis com os princípios profissionais e éticos que orientam as atividades do Sistema de Segurança do Maranhão”.

Othelino Neto se reúne com o deputado federal Josimar visando três possíveis caminhos para 2022

Othelino Neto se reúne com o deputado federal Josimar visando três possíveis caminhos para 2022

O presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB) aumentou o leque de contados visando as eleições do próximo ano. O chefe do legislativo estadual tem conversado com prefeitos, vereadores e deputados, examinando o quadro político do Maranhão.

Na sua agenda, se não disputar a reeleição para o Palácio Manuel Beckman, no Sítio do Rangedor, pode concorrer ao cargo de senador, mas não está descartado uma possível ida ao Tribunal de Constados do Estado (TCE) na vaga que poderá ser aberta com a aposentadoria do conselheiro Edmar Cutrim. Até dezembro, toma uma decisão definitiva.

Ontem, por exemplo, Othelino reuniu-se, com o deputado federal Josimar  (PL). Nas redes sociais, o deputado estadual avaliou o encontro.  “Conversa agradável sobre o Maranhão e perspectivas para 2022”, comentou Othelino.

 

 

 

Poetisa maranhense Lindevania Martins vence, um dos concursos literários mais importantes do Brasil

Poetisa maranhense Lindevania Martins vence, um dos concursos literários mais importantes do Brasil

A poetisa e prosadora maranhense Lindevania Martins é uma das vencedoras da 6ª edição do Prêmio Nacional CEPE de Literatura, um dos mais respeitados e cobiçados prêmios literários nacionais. A maranhense ganhou na categoria contos com a obra “Teresa Decide Falar” e destacou a importância da conquista.

“Uma emoção imensa a conquista do Prêmio Cepe de Literatura. Ele dá grande visibilidade aos escritores e escritoras, encoraja a literatura nacional, insere novas vozes no campo literário e nos inspira a produzir. É um prêmio de grande prestígios e todos nós, autores, sonhamos com o dia em que seremos agraciados por ele. Muito feliz que meu dia chegou!”, declara a escritora.

A obra vencedora “Teresa decide falar”, é composta por contos que falam sobretudo da experiência de viver em um mundo que tenta limitar o que somos e o que podemos ser. Os personagens ora aderem às expectativas, ora as desafiam, e sofrem sobre seus corpos e sua subjetividade o impacto dessas escolhas. Lindevania Martins, que também é defensora pública, destaca: “Essas histórias foram construídas no meu dia a dia como escritora, defensora pública da mulher e população LGBT, como poeta e corpo trabalhador, surgindo dessa mistura entre realidade e imaginação, ato e sonho, das nossas múltiplas identidade e pertencimentos”.

Nascida em Pinheiro, Lindevania Martins possui uma história respeitável na literatura maranhense e brasileira. Possui quatro livros publicados. Faz parte da Associação Maranhense de Escritores Independentes- a AMEI . Venceu o Prêmio Literário e Artístico Cidade de São Luís, categoria contos, por duas vezes consecutivas. Recebeu Menção Honrosa em Concurso Nacional de Contos da OAB. Foi jurada em concurso internacional de contos “Her Story”, da Plataforma Sweek. Em 2020, dois trabalhos literários dos quais participava, em conto e em poesia, foram semifinalistas do Premio Jabuti. Seus trabalhos se encontram em várias publicações literárias nacionais e internacionais. O prêmio que acaba de ganhar inclui tanto um valor em dinheiro quanto a publicação do livro pela Companhia Editora de Pernambuco, a qual têm sido responsável pela introdução de obras decisivas no campo literário brasileiro.

 Prêmio CEPE

A 6ª edição do Prêmio CEPE de Literatura Nacional registrou a inscrição de mais de duas mil obras, tanto do Brasil quando do exterior. A Comissão de Jurados foi formado por escritores que são referência: Veronica Stigger, escritora, jornalista, professora e crítica de arte e vencedora do Jabuti; Adelaide Ivánova, fotógrafa, poeta, escritora e vencedora do Prêmio Rio de Literatura; e Jeferson Tenório, escritor, doutor em Literatura e autor de “O Avesso da Pele” (Companhia das Letras, 2020).

Secretários escolares, gestores adjuntos e técnicos pedagógicos ficam de fora do ‘auxílio conectividade’ em São Luís

Secretários escolares, gestores adjuntos e técnicos pedagógicos ficam de fora do ‘auxílio conectividade’ em São Luís

Eduardo Braide contraria lei e paga auxílio conectividade somente para uma parte dos profissionais do magistério (Foto: Reprodução)

Mais de 300 profissionais do magistério que deveriam receber o auxílio conectividade ficaram de fora da ajuda, instituída pela Lei nº 6.917/2021, que prevê pagamento de valor mensal de R$ 70,00 (setenta reais) concedido, retroativamente, a 1º de março de 2021.

Para os demais que receberam o benefício e estão há mais de quatro anos sem reajuste salarial, as parcelas pagas não cobrem o período em que houve despesas do investimento retroativo a agosto de 2020.

Apesar da lei determinar que o auxílio seria destinado aos profissionais do magistério da rede pública municipal de ensino, em efetivo exercício, por força da pandemia da Covid-19, muitos destes trabalhadores não receberam a ajuda. É o caso, por exemplo, de secretários escolares, gestores adjuntos e técnicos pedagógicos.

Em contato com o blog, um destes trabalhadores que aceitou gravar sem ter sua identidade revelada, afirmou que muitos gestores adjuntos às vezes suprem a falta do gestor geral na maioria das escolas da rede municipal.

“Eu acho que muita gente deixou de receber esse dinheiro. Os gestores adjuntos, que mais trabalham nas escolas, parecem que foram os mais esquecidos. Até agora, eu fico me questionando: o que é que realmente aconteceu? Por que esse profissional foi deixado de lado? É um profissional que trabalha, que está na escola e acompanha o diretor-geral e muitas das vezes suprem a falta do gestor geral”, desabafou.

Braide contradiz lei

As redes sociais do prefeito Eduardo Braide (Podemos) reforçaram, no início da tarde desta quinta-feira (16), uma mensagem que comemora o pagamento do benefício. A publicação exalta ainda o auxílio conectividade e agradece o empenho de todos por uma educação melhor! Entretanto, a frase do prefeito na postagem contradiz a legislação vigente sobre auxilio.

“Alô professores, gestores, coordenadores e cuidadores! Nesta quinta-feira (16), o #AuxilioConectividade retorativo a março deste ano (até R$ 420) já estar na conta! Agradeço o empenho de todos vocês por uma educação melhor!”, declarou o chefe do executivo ignorando os secretários escolares, gestores adjuntos, técnicos pedagógicos, dentre outros.

No entanto, a Lei nº 6.917/2021, sancionada em 1 de setembro de 2021 por Eduardo Braide estabelece em seu artigo 1º, que o valor mensal de R$ 70 reais seria destinado aos profissionais do magistério (sem nenhuma exceção) da rede pública municipal, em efetivo exercício, para custeio de despesas com internet e conectividade, decorrentes da realização da atividades educacionais de forma remota, por força da pandemia da Covid-19.

Desde a tarde de ontem, o blog vem recebendo inúmeras reclamações e denúncias relativas a concessão do auxílio como o não pagamento do valor devido do retroativo anunciado pelo prefeito de R$ 420,00 e/ou pagamento de valores diferenciados a diversos professores e professoras.

Além disso, conforme o Decreto nº 57.149/2021, que regulamenta a Lei 6917/2021, o auxílio não contempla os professores que estão de licença, o período de férias e os profissionais cedidos a outros entes federativos e a outros órgãos da administração municipal. Isto é, as licenças e férias, para o prefeito, não constituem mais efetivo exercício da profissão; mais um equívoco desta administração.

Mais 15 deputados declaram apoio à pré-candidatura de Carlos Brandão

Mais 15 deputados declaram apoio à pré-candidatura de Carlos Brandão

O vice-governador Carlos Brandão (PSDB) recebeu em sua residência um grupo numeroso de deputados estaduais na noite dessa quarta-feira (15). Os parlamentares de vários partidos reafirmaram apoio ao futuro governo do tucano, ao mesmo tempo que hipotecaram apoio à sua futura pré-candidatura à reeleição.

Carlos Brandão deve assumir o comando do executivo estadual em abril do próximo com a renúncia do governador Flávio Dino (PSB), em obediência às regras eleitorais que prevê a desincompatibilização para quem exerce cargos públicos no governo e pretendam disputar as eleições. O pessebista vai concorrer vaga ao Senado.

Participaram do encontro com o vice governador os deputados Adelmo Soares (PCdoB), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Ana do Gás (PCdoB), Zé Inácio (PT), Ariston Ribeiro (Republicanos), Thaiza Hortegal (PP), Socorro Waquim (MDB), Arnaldo Melo (MDB), Edson Araujo (PSB), Rafael Leitoa (PDT), Fábio Macedo (Republicanos) Paulo Neto (DEM), Yglésio Moyses (PSDB), Rildo Amaral (Solidariedade), além dos primeiros-damos Cleomar Tema, representado a deputada Daniela Tema (DEM), e Stênio Rezende que representou a sua esposa, deputada Andreia Rezende (DEM).

Além do número consistente de deputados, chamou a atenção a pluralidade de partidos representados.

Com a exceção do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), todos os demais deputados do partido comunista marcaram presença. Do MDB, Socorro Waquim e Arnaldo Melo, que vem ao longo do tempo fazendo gestos ao vice-governador, reafirmaram seus compromissos não somente de apoiar o tucano, mas de lutarem para que o partido decida pelo projeto Brandão.

A visita política ao vice-governador foi organizada pelos deputados Rafael Leitoa, Paulo Neto e Adelmo Soares, maiores entusiastas do futuro Governo Brandão. Pelo menos outros cinco parlamentares, que não puderam ir, justificaram suas ausências. Um deles foi o deputado Duarte Júnior (PSB), que comemorava seu aniversário quando do encontro.

“Isso é mentira, coisa de bandidos”, diz Flávio Dino ao negar que tenha autorizado novo aumento do preço da gasolina

“Isso é mentira, coisa de bandidos”, diz Flávio Dino ao negar que tenha autorizado novo aumento do preço da gasolina

O governador Flávio Dino negou, nessa quinta-feira (16), que tenha autorizado novo aumento do preço do combustível no Maranhão. “Criminosos estão espalhando que eu autorizei aumento de alíquota de imposto sobre gasolina no Maranhão. Isso é MENTIRA. Coisa de bandidos. Problema de preço de combustíveis é nacional”, disse.

Segundo Dino, não existe “tabelamento de preços” de combustíveis. “O governo do Estado não tem poder de fixar preço de combustíveis. O imposto previsto na Constituição incide sobre o preço de mercado”, afirmou.

A formação do preço dos combustíveis é composta pelo preço exercido pela Petrobras nas refinarias, mais tributos federais (PIS/Pasep, Cofins e Cide) e estadual (ICMS), além do custo de distribuição e revenda. Há ainda o custo do etanol anidro na gasolina, e o diesel tem a incidência do biodiesel. As variações de todos esses itens são o que determina o quanto o combustível vai custar nas bombas.

Lista da ANP enumera os estados de acordo com os valores praticados na bomba, no período de 05 a 09 de setembro deste ano.

O principal ‘motor’ das altas da gasolina e do diesel vem sendo o real desvalorizado. No governo Michel Temer, a Petrobras alterou a sua política de preços de combustíveis para seguir a paridade com o mercado internacional.

Os preços de venda dos combustíveis praticados pela estatal passaram a seguir o valor do petróleo no mercado internacional e a variação cambial. Dessa forma, uma cotação mais elevada da commodity e/ou uma desvalorização do real têm potencial para contribuir com uma alta de preços no Brasil, por exemplo.

De acordo com o Colégio Nacional das Procuradorias-Gerais dos Estados e do Distrito Federal (Conpeg) o ICMS corresponde a 27,8% do valor total do litro da gasolina, que tem ainda 9,8% de custo de distribuição e revenda, 11,4% de impostos como CIPE, PIS/PASEP e Cofins, além do percentual de 17,2% do etanol anidro que é inserido no composto e mais 33,8% de custo da realização da própria Petrobras.Q1

Responsáveis por escolas comunitárias fazem protesto na porta da prefeitura de São Luis

Responsáveis por escolas comunitárias fazem protesto na porta da prefeitura de São Luis

Representantes de  escolas comunitárias da capital maranhense realizaram, na manhã  desta quinta-feira,16, um protesto em frente à sede da Prefeitura de São Luís, alegando falta de recebimentos de recursos  de verbas do Município.

De acordo com os responsáveis pelo ato público, por causa da carência financeira, algumas  escola comunitárias já fecharam as portas.