Metodologia do Instituto Prever pode ter ‘inflado’ números a favor de Adriano Sarney

Metodologia do Instituto Prever pode ter ‘inflado’ números a favor de Adriano Sarney

O Questionário que o Instituto Prever usou para coletar dados na pesquisa que foi divulgada neste sábado (04/07) pelo blog do jornalista Diego Emir, provocou questionamentos na imprensa.

Primeiro a fazer uma abordagem sobre o assunto, o site Maranhão de Verdade, destacou que em vez de mostrar ao eleitor um cartão circular com os nomes dos candidatos, expediente usado para não privilegiar nenhum dos concorrentes, o Prever apresentou uma lista em ordem alfabética, conforme documento disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Questionário usado pelo Instituto Prever

Ao analisar o método que contraria a prática do mercado e causa estranheza entre os demais institutos, é possível destacar que o maior beneficiado foi o deputado Adriano Sarney (PV), que por ser o primeiro na ordem alfabética acabou sendo favorecido com os resultados.

A polêmica aumenta mais ainda quando comparamos os números da Prever com os da pesquisa Data Ilha, divulgada em fevereiro pelo blog do jornalista Clodoaldo Corrêa, registrada sob o número MA-01492/2020.

Naquele mês, nos dados da Estimulada, quando são colocados praticamente todos os pré-candidatos apontados, Adriano Sarney aparecia com apenas 0,8%.

Adriano Sarney aparece com apenas 0,8%, em fevereiro, pelo Instituto Data ilha

Sete meses depois, sem que tenha ocorrido algo que pudesse alavancar o parlamentar verde, eis que surge um novo levantamento cujo instituto apresentou os nomes dos pré-candidatos em ordem alfabética,  que colocou Adriano como o primeiro da lista do questionário usado na coleta.

A suposta manobra, ao que parece, demonstrou um resultado favorável ao próprio Adriano que pulou de 0,8%, na pesquisa Data Ilha, para 8,9% no levantamento do Prever.

A divulgação dos dados trouxe mais perguntas do que respostas como, por exemplo: a metodologia usada tinha objetivo de afetar diretamente no cenário eleitoral?

Ao ‘inflar’ os números em favor de um dos pré-candidato estão querendo escolher um adversário para o segundo turno?

Porquê colocaram Duarte Júnior em segundo lugar mesmo aparecendo empatado tecnicamente com Wellington?

Se a pré-candidata Detinha é ‘desconhecida’ do eleitorado ludovicense o que motivou sua ‘rejeição’ ter quase o mesmo patamar do que a de Eduardo Braide, mais conhecido do público?

Por fim, cabe uma última pergunta: num eventual segundo turno, seria mais fácil pra Braide vencer Duarte, considerado governista; Adriano, um legítimo saneisita ou Wellington, único que faz uma oposição mais incisiva a Flávio Dino?

Vereador Ricardo Diniz promove a 1ª Taça de Voleibol em São Luís

Vereador Ricardo Diniz promove a 1ª Taça de Voleibol em São Luís

O vereador de São Luís, Ricardo Diniz, promoveu a 1ª taça de Voleibol no último final de semana, no Castelinho. O parlamentar que sempre apoiou o esporte na capital maranhense diz que essa iniciativa é louvável e de suma importância.

“Sempre atuei em varias áreas e o esporte tem sido uma bandeira que tenho defendido de todas as formas. Hoje, realizamos um marco em nossa querida cidade, na realização desse evento de grande porte. Sem sombras de duvidas, continuarei apoiando incansavelmente ”, disse.

EM TEMPO

Durante três dias, o evento reuniu varias escolas de São Luís. No ato, os times vencedores receberam das mãos do parlamentar o troféu vereador Ricardo Diniz.

Bárbara Coutinho assume o comando do PMB de São Luís

Bárbara Coutinho assume o comando do PMB de São Luís

 

A advogada Bárbara Coutinho é a nova presidente do PMB – Partido da Mulher Brasileira – de São Luís. Ela é esposa do também advogado Márcio Coutinho.

Bárbara terá a missão de montar um partido forte para a disputa municipal na capital maranhense. Ela terá a expertise do seu marido, Marcio Coutinho que conduziu o PRTB e elegeu bancada fortes na Câmara de Vereadores e na Assembleia Legislativa.

 

Osmar Filho reúne amigos durante grande confraternização em São Luís

Osmar Filho reúne amigos durante grande confraternização em São Luís

O vereador e presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), reuniu centenas de amigos durante uma grande confraternização promovida, neste último sábado (11), no Iate Clube.

O encontro foi um momento festivo no qual os participantes agradeceram as conquistas obtidas em 2019 e ratificaram o sentimento de união em torno de mais avanços neste novo ano que se inicia.

Acompanhado da esposa, Clara Gomes, Osmar se confraternizou com todos os presentes, tendo recebido várias manifestações de apoio e carinho.

“O momento é de gratidão no qual o Osmar reúne amigos de diversas regiões de São Luís para nos confraternizarmos e agradecermos tudo que foi alcançado ano passado. É também um momento de nos unirmos, cada vez mais, e trabalharmos por mais avanços para nossa cidade”, comentou a liderança comunitária, River Souza.

A festa contou com uma vasta programação cultural, que incluiu shows do Grupo Argumento, Bicho Terra e da dupla Fernando e Franco.

Representantes da classe política também prestigiaram o evento, tais como os vereadores Raimundo Penha (PDT), Nato Júnior (PP), Antonio Garcez (PTC), Astro de Ogum (sem partido), Ricardo Diniz (PRTB), Pavão Filho (PDT), Fátima Araújo (PC do B), Estevão Aragão (PSDB), Josué Pinheiro (PSDB), Umbelino Júnior (Cidadania), Paulo Victor (PTC), Chico Carvalho (PSL) e Beto Castro (PROS); os deputados federais Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Gil Cutrim (PDT); além de servidores da CMSL, membros da Imprensa e de outros Poderes constituídos.

Vereador Astro de Ogum inicia projeto de inclusão digital com jovens e adultos da zona rural

Vereador Astro de Ogum inicia projeto de inclusão digital com jovens e adultos da zona rural

O vice-presidente da Câmara de São Luís, vereador Astro de Ogum, está colocando em prática mais um projeto de grande alcance social: trata-se do “Anet Astro”, que oferece Wi-Fi gratuito em locais públicos de comunidades da zona rural da capital.

A iniciativa que oferece internet rápida de 100 megas tem um alcance de 100 m em campo aberto. Com a proposta, o usuário pode assistir vídeos – inclusive das sessões na Câmara – em alta qualidade no dispositivo móvel sem precisar gastar seu plano de dados. Para se conectar, basta encontrar e selecionar a rede “Anet Astro” e informar a senha com mesmo login.

O programa que começou a ser testado hoje no bairro da Estiva, visa incluir jovens e adolescentes da região na era tecnológica. O projeto que vai ser estendido para outras praças da zina rural é realizado pelas lideranças John, Ivo, Joana, Kleber e Ailton, com a coordenação de Jeanne Medeiros.

Vereador Ricardo Diniz institui o dia Municipal do Voluntário

Vereador Ricardo Diniz institui o dia Municipal do Voluntário

 

O Vereador Ricardo Diniz (PRTB), através do Projeto de Lei número 167/19, institui o dia municipal do voluntário no calendário de datas comemorativas, no município de São Luís.

De acordo com estudo realizado pela Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança, definiu-se o voluntário como ator social e agente de transformação, que presta serviços não remunerados em benefício da comunidade. A partir da doação de seu tempo e conhecimento, realiza um trabalho solidário, atendendo tanto às necessidades do próximo ou aos imperativos de uma causa, como às suas próprias motivações pessoais, sejam estas de caráter religioso, cultural, filosófico, político ou emocional.

A proposta visa fortalecer a cultura e a prática do voluntariado na comunidade, no intuito de promover a participação dos cidadãos na solução de parte dos problemas sociais. Assim, o indivíduo poderá sentir-se útil e valorizado frente aos demais, à medida que contribui para a construção de uma sociedade mais justa e solidária.

Ademais, o trabalho voluntário amplia e fortalece os programas e serviços prestados à população, propiciando a inclusão social e melhorando a qualidade de vida das pessoas.

Segundo o vereador, a escolha do dia 18 de julho para homenagear o voluntário diz respeito à comemoração ao Dia Internacional de Nelson Mandela, um dos líderes mais corajosos e admiráveis do mundo, que dedicou 67 anos da sua vida na luta pela paz na humanidade e pelos direitos humanos. O Dia de Mandela, como também é conhecido, foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em novembro de 2009, através da aprovação em Assembleia Geral.

“O Dia Municipal do Voluntário vem contribuir para o exercício da cidadania, bem como para manutenção e desenvolvimento de iniciativas de diferente natureza, e acima de tudo, para que o Município conte, de forma gratuita, com valorosas participações nos mais diversos segmentos”, afirmou.

Jornalista é agredido, por suposto segurança do Supermercado Mateus em São Luis

Jornalista é agredido, por suposto segurança do Supermercado Mateus em São Luis

Udes Filho informou que acionará a Justiça em busca de reparação, para que o respeito ao cidadão, ao cliente e ao profissional de imprensa e a Liberdade de Expressão prevaleçam
O jornalista, blogueiro e produtor de conteúdo digital Udes Cruz Filho, usou o seu perfil na rede social Facebook para divulgar um vídeo e denunciar agressão, abuso de autoridade e constrangimento ilegal sofridos por ele no interior do Mateus Supermercados, no bairro da Cohab, na noite de quarta-feira (2) de outubro.
Udes explicou que se encontrava na fila do caixa, em companhia de sua esposa, quando notou uma movimentação atípica e seguindo seus instintos de profissional de imprensa, preparou o seu celular e começou a filmar a ocorrência, que envolvia um suposto policial militar / segurança, descaracterizado e armado e um homem que portava uma faca, adquirida no interior do próprio supermercado.
“Alguns funcionários caracterizados informaram que o segurança do estabelecimento se tratava de um policial à paisana, mas continuei a fazer a filmagem […] Quando ele percebeu que a situação estava sendo filmada, demonstrou mais preocupação comigo do que com o homem que portava a faca. O segurança / PM se voltou em minha direção, se identificando verbalmente como policial militar e exigindo que eu parasse de filmar a ação, pois, segundo ele, eu não estava autorizado a fazer a gravação”, explicou Udes.
Além do segurança / policial, outros funcionários caracterizados demonstraram mais preocupação com a filmagem do que com o homem com a faca. “Informei ser um profissional de imprensa, mas as ordens para parar de filmar continuaram e junto das ameaças de que eu teria que ser conduzido até a delegacia”.
Udes relata que continuou a filmar até que o segurança/policial, com a ajuda de outros funcionários, em um ato de agressão, derrubou o celular de suas mãos e atentando contra a liberdade de expressão e liberdade de imprensa, confiscou o aparelho.
Veja no vídeo:

O homem com a faca ficou em segundo plano e foi convencido a entregar a faca por outros clientes que estavam no local, inclusive, o próprio jornalista.
Após o incidente, o segurança/PM tentou devolver o aparelho, mas o jornalista teria dito que só receberia das mãos dele na delegacia. Segurança sumiu logo após ouvir a negativa.

“Procurei então alguém do supermercado para pedir esclarecimentos. Uma mulher, que se apresentou apenas como Maria (se negando a dar o sobrenome), se qualificando como gerente, apesar de ter presenciado tudo, disse que não sabia de nada, que não conhecia ninguém, não sabia dizer o próprio nome completo. Mas estranhamente foi das mãos dela que recebi o celular, levado pelo segurança / policial.”

É importante ressaltar, que filmar uma ação policial é o exercício pleno do direito fundamental da liberdade de expressão e pode ser um ato de fiscalização da atuação do poder público.

Udes informa que acionará a Justiça em busca de reparação, para que o respeito ao cidadão, ao cliente e ao profissional de imprensa e a Liberdade de Expressão prevaleçam.
Projeto Movimentação beneficia moradores da Cohab e bairros vizinho

Projeto Movimentação beneficia moradores da Cohab e bairros vizinho

O projeto Movimentação foi Idealizado pelo vereador Raimundo Penha
Projeto Movimentação beneficia moradores da Cohab e bairros vizinhos

Moradores da Cohab e de bairros vizinhos, como Isabel Cafeteira e Residencial Santos Dumont, foram beneficiados, neste último fim de semana, com ações do projeto Movimentação, iniciativa promovida pela Prefeitura de São Luís e que conta com o apoio do vereador Raimundo Penha (PDT).

Nas dependências da Maçonaria da Cohab e da Igreja de Guadalupe, durante todo o sábado, foram oferecidos gratuitamente serviços diversos, tais como consultas oftalmológicas; consultas médicas com encaminhamento para especialidades; vacinação; oficinas de beleza; oficinas lúdicas para crianças; recreação; torneio de travinha; dentre outros.

Durante a semana, vale destacar, também foram oferecidas oficinas de artesanato, culinária, teatro, além de curso de chapeiro.

Idealizado pelo próprio Raimundo Penha, o Movimentação tem como principal objetivo levar aos moradores da capital, em especial as famílias mais carentes, serviços básicos em vários setores, colaborando, desta forma, com o aumento da autoestima e o fortalecimento da garantia de direitos.
A primeira edição do projeto foi realizada no mês passado, no bairro da Liberdade.

“Muito boa e importante esta iniciativa da Prefeitura, que conta com o apoio do vereador Penha. Este projeto nos trouxe, de forma gratuita, vários serviços. E o melhor é que tivemos acesso no fim de semana, período no qual estamos em casa”, disse a autônoma Isabel Vieira, moradora do Santos do Dumont.

Para o comerciante Antônio Martins, que reside na Cohab, a iniciativa já se estabeleceu em São Luís como uma importante ferramenta promovedora da cidadania e do bem-estar social.

“Parabéns à Prefeitura e ao Raimundo Penha, um dos vereadores mais atuantes de São Luís”, comentou.

De acordo com o vereador, ser voluntário é doar tempo e disposição para ajudar o próximo. “Agradeço as pessoas e entidades que, com tanto esforço e dedicação, deram o seu melhor para que tudo ocorresse de maneira organizada em mais uma edição do projeto. Em um mundo cada vez mais individualista, são gestos como esse que nos fazem continuar acreditando na humanidade”, avaliou o pedetista.

Pesquisa Data Ilha mostra Braide com mais de 60% dos votos

Pesquisa Data Ilha mostra Braide com mais de 60% dos votos

Pesquisa Data Ilha de intenções de votos divulgada hoje (1º) pelo blog Maramais confirma a ampla liderança do deputado federal Eduardo Braide (PMN) na disputa pela Prefeitura de São Luís.

Nos cenários mais possíveis, ele passa de 60% dos votos válidos, mas chega a 83% se desconsiderada a pré-candidatura de Duarte Jr. (PCdoB).

Detalhe a ser notado: não foram incluídos no levantamento os nomes de Yglésio Moyses (PDT) e Wellington do Curso (PSDB).

Veja os números.

Cenário 1
Eduardo Braide 61,34%
Duarte Jr. 14,45%
Bira do Pindaré 8,24%
Adriano Sarney 4,44%
Neto Evangelista 3,93%
Jeisael Marx 3,55%
Osmar Filho 2,79%
Rubens Jr. 1,27%

Cenário 2 (Sem Jeisael Marx e Rubens Jr.)
Eduardo Braide 62,71%
Duarte Jr. 15,33%
Bira do Pindaré 8,56%
Neto Evangelista 5,36%
Adriano Sarney 4,85%
Osmar Filho 3,19

Cenário 3 (Sem Osmar Filho)
Eduardo Braide 70,30%
Duarte Jr 16,43
Neto Evangelista 6,57%
Adriano Sarney 4,34%
Rubens Jr. 2,37%

Cenário 4 (Sem Duarte Jr.)
Eduardo Braide 83,79%
Neto Evangelista 8,11%
Adriano Sarney 4,62%
Rubens Jr. 3,50%

Beto Castro denúncia suposta irregularidade na eleição para conselheiros tutelares em São Luís

Beto Castro denúncia suposta irregularidade na eleição para conselheiros tutelares em São Luís

100%AudimaEleição para conselheiros tutelares é pauta de debate na Câmara de São Luís
Foto: Jr. Celedônio

A falta de transparência e suposta denúncia de irregularidade que estaria ocorrendo no processo de escolha dos novos Conselheiros Tutelares repercutiu, nesta quarta-feira (28), na Câmara Municipal de São Luís. O vereador Beto Castro (Avante) subiu na tribuna para apontar alguns vícios no processo de escolha dos candidatos.

Ao se pronunciar, Beto Castro destacou, citando relatos de postulantes ao cargo, a falta de desorganização do processo conduzido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), com o descumprimento do edital que regula o processo, bem como o descumprimento de itens do edital e a falta de transparência na realização da prova realizada pela banca examinadora.

“Recebemos diversas denúncias sobre algumas irregularidades que vem ocorrendo no processo de escolha dos novos Conselheiros Tutelares do de São Luís. A falta da publicidade devida na divulgação do processo de escolha, a falta de acesso à informação pelos candidatos e o descumprimento de itens do edital, são algumas das irregularidades apontadas. Além disso, os candidatos denunciam que não houve qualquer transparência na contratação da banca examinadora e a exigência de novos requisitos pela mesma, o que é ilegal”, disse Beto Castro.

Entre os apartes e pronunciamentos no plenário Simão Estácio da Silveira, destaque para os vereadores Estevão Aragão (PSDB), Marcial Lima (PRTB), Umbelino Júnior (Cidadania), Genival Alves (PRTB) e Raimundo Penha (PDT).

“Desde o início estamos acompanhando o processo e já recebi denúncias de amigos que fizeram relatos sobre casos absurdos, inclusive, com impedimento de inscrição pelos simples fato de manter laços de amizades com políticos. Por estar comprometido, esse processo deveria ser investigado para que se tomem as devidas providências visando garantir a lisura do processo de escolha dos novos Conselheiros Tutelares de São Luís”, destacou Marcial Lima.

O vereador Genival Alves frisou, durante apartes de colegas na tribuna, que era a favor da anulação do processo e pediu que o vereador Beto Castro – que trouxe o caso à Câmara – declinasse os nomes dos envolvidos nas supostas denúncias de irregularidades.

“Se existe vícios ou irregularidades então existe a possibilidade do processo eleitoral estar comprometido. Somos favoráveis à anulação, mas é necessário que vossa excelência decline o nome da pessoa beneficiada para que se possa tomar as medidas cabíveis”, sugeriu o parlamentar.

Representante da Câmara no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), Raimundo Penha ocupou o espaço do grande expediente para fazer alguns esclarecimentos. O parlamentar afirmou ser necessário analisar o caso para tomar algumas medidas que não viesse comprometer o processo.

“Esta Casa tem assento no CMDCA e tem todo o direito de se preocupar com o processo, mas é necessário analisar o caso antes de tomar qualquer medida que não viesse comprometer o processo. Sou a favor de buscar uma solução viável para resolução do conflito”, sugeriu o pedetista.

Comissão vai analisar – Ao final da sessão, o segundo vice-presidente da Casa, vereador Nato Junior (PP), que estava conduzindo a sessão, formou uma comissão de vereador para ouvir os candidatos que estava acompanhando os trabalhos pela galeria.

Ele disse, ao propor a criação do colegiado, que a sugestão era necessária não apenas para ouvir depoimentos dos candidatos ou coletar eventuais provas de irregularidades, mas também para acompanhar o processo de escolha visando apurar eventuais vícios. Com o encerramento dos trabalhos, a comissão se reuniu na sala de reuniões com os postulantes para buscar uma saída para o imbróglio.