deputado federal

Proposta do Deputado Gildenemyr isenta de IPI os veículos adquiridos por filantrópicas e igrejas

Proposta do Deputado Gildenemyr isenta de IPI os veículos adquiridos por filantrópicas e igrejas

Para o autor do projeto a medida faz “justiça” com os organismos religiosos, tendo em vista o grande trabalho social desenvolvido por eles

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 3052/19 , que concede a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) os veículos adquiridos por entidades assistenciais e instituições religiosas.

De autoria do deputado federal Gildernemyr (PL-MA), essas entidades poderão usar o benefício uma vez a cada cinco anos. Se houver a venda do automóvel até três anos após a compra, o IPI deverá ser recolhido.

A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados. “Para atender a população local, é nítida a necessidade de veículos para transportar voluntários, alimentos, cestas básicas, colchões, móveis e crianças”, disse o autor.

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Pr Gildenemyr é o maranhense mais bem avaliado no ranking dos políticos

Pr Gildenemyr é o maranhense mais bem avaliado no ranking dos políticos


O deputado federal Pr Gildenemyr (PL) ocupa atualmente a primeira colocação entre os deputados federais maranhenses  seguido por  Gastão Vieira (PROS), ambos tem 71 pontos no Ranking dos Políticos.

O levantamento avalia a participação dos parlamentares em sessões, o acesso a privilégios e a chamada “qualidade legislativa”, relativa a votações e proposições de matérias. Processos judiciais (ou a inexistência deles) também contam pontos.

Por outro lado, o pior deputado federal do Maranhão, segundo o mesmo Ranking, é Márcio Jerry (PCdoB).

Com 66 pontos negativos, ele ocupa a 506ª posição no geral, entre 594 avaliados.

Com sobrenome envolvido em trabalho escravo, André Fufuca é alvo de protestos

Com sobrenome envolvido em trabalho escravo, André Fufuca é alvo de protestos

André Fufuca (PP), conhecido nacionalmente pela alcunha de “Papi”, forma carinhosa que chamava o ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, que até hoje está preso por práticas de corrupção, está sendo um dos alvos de protestos da população maranhense por ter votado a favor da Reforma da Previdência. O deputado federal já teve o sobrenome incluído na lista suja do trabalho escravo e agora de acordo com movimentos dos trabalhadores, ele mais uma vez fortalece o movimento de tirar os direitos dos mais pobres e vulneráveis.

Para entender: no ano de 2006, Fufuca – o pai – entrou na Lista Suja do trabalho escravo, divulgada pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Motivo: 12 trabalhadores tinham sido libertados da Fazenda Piçarreira, em condições análogas ao trabalho escravo. Naquela oportunidade, o pai de André Fufuca era pela primeira vez, o prefeito de Alto Alegre do Pindaré, no noroeste do estado, região da Amazônia Legal.

De acordo com os movimentos em defesa dos trabalhadores, enquanto André Fufuca vota em favor da retirada dos direitos dos mais pobres e vulneráveis, ele segue com o salário mensal de R$33.763,00, já torrou R$664.364,84 em verba de gabinete somente em 2019, possui 20 funcionários, apartamento funcional e passaporte diplomático, ou seja, cheio de benefícios, enquanto que a população mais humilde não tem metade das benesses.

Márcio Coutinho prestigia lançamento da candidatura de Felipe dos Pneus em Santa Inês

Márcio Coutinho prestigia lançamento da candidatura de Felipe dos Pneus em Santa Inês

Candidato a deputado federal, Marcio Coutinho discursa ao lado do Felipe dos Pneus

O candidato a deputado federal Márcio Coutinho 2828, marcou presença em evento realizado nesse sábado (18), na cidade de Santa Inês, para o lançamento oficial da candidatura do empresário Felipe dos Pneus à Assembleia Legislativa, em um concorrido ato político no município.

Acompanhado do candidato a vice-governador do Maranhão, Coronel Roberto Filho, Márcio Coutinho e Felipe dos Pneus foram recebidos por uma multidão, que reforçou o compromisso com os projetos políticos dos dois candidatos. O evento contou ainda com as presenças do ex-prefeito Cabral, da ex-vereadora de Santa Inês, Solange Nerval, do vereador de Buriticupu, Ely Joselio e do vereador de Conceição do Lago-Açu, Zildo.

Felipe dos Pneus destacou a parceria com Márcio Coutinho, que também é presidente do PRTB, propondo uma aliança em favor do município de Santa Inês e de toda a região. Além do carinho dos moradores da cidade, o evento também contou com caravanas de vários municípios vizinhos, que prestigiaram o ato para reforçar o apoio às candidaturas dos candidatos.

Em seu discurso, Marcio Coutinho que estava bastante emocionado com a receptividade, agradeceu a todos pelo carinho na calorosa acolhida e afirmou que o ato ficará marcado em sua lembrança.

“Eu agradeço a acolhida. Costumo dizer que o político estar para servir e não para ser servido. Me permitam servir ao povo na Câmara dos Deputados”, disse o candidato a deputado federal pelo PRTB.

 

Waldir Maranhão anuncia filiação ao PSDB e diz que foi usado por Flávio Dino

Waldir Maranhão anuncia filiação ao PSDB e diz que foi usado por Flávio Dino

O deputado Federal Waldir Maranhão anuncia que está deixando o PT, mesmo estando filiado, após não ter recebido as garantias necessárias para ser candidato ao Senado Federal. Dessa forma ele ingressa no PSDB.
Na nota, Waldir Maranhão ainda aponta que Flávio Dino realizou uma intervenção no PT para atrapalhar sua viabilização interna para disputa do Senado Federal e diz que o governador comunista apenas o usou.
*NOTA AO POVO MARANHENSE*
Em respeito ao povo maranhense, venho informar o que segue:
1. Quando procurei o PT para colocar-me à disposição do partido para ser candidato ao Senado Federal foi para contribuir, em primeiro lugar, com o projeto político nacional do partido tendo o companheiro Lula como presidente, bem como para o fortalecimento do PT no Maranhão que há décadas vive numa autofagia que tem impedido de fazê-lo ter o crescimento tal como ocorreu no plano nacional e nos estados vizinhos Piauí, Pará e Ceará, sem falar em outros estados do Nordeste.
2. Não se tratava de um ato voluntário do deputado federal Waldir Maranhão em querer ser senador da República de qualquer jeito. Pelo contrário, o objetivo era apresentar um projeto coletivo de sociedade tendo o PT como protagonista político no processo eleitoral de 2018.
3. Lamento que o radicalismo e sectarismo de alguns dirigentes do PT não tenham tido a devida compreensão histórica num momento que forças conservadores ameaçam de toda forma a possibilidade do PT voltar ao poder central nacional, inclusive encarcerado a principal liderança do partido o meu amigo e companheiro Lula.
 4. Devo reconhecer o empenho e a solidariedade que tive de companheiros da corrente Construindo um Novo Brasil tanto no Maranhão quanto em nível nacional. Nesse particular, quero deixar hipotecado os meus agradecimentos ao deputado Zé Inacio pela forma digna e firme com que defendeu esse projeto. Agradecer ainda a militância aguerrida que não deixou levar pela benesses oferecidas pelo Palácio do Leões que pode ser considerado o principal ator na minha desistência de continuar filiado ao PT.
5. É lamentável a forma como o governador Flávio Dino usou e abusou para vetar a minha filiação ao PT. O que houve nesse processo foi uma verdadeira intervenção branca no PT para evitar a minha entrada nos quadros do partido. Logo Flávio Dino a quem confiei quando me convenceu de anular o impeachment da presidente Dilma. Agora sinto que fui usado por quem queria não a defesa da presidenta, mas o fortalecimento e engrandecimento de um ego quase doentio.
6. Por fim, informo que a partir desta entro para os quadros do PSDB e ajudarei na construção de um palanque que verdadeiramente possa representar um novo horizonte para o Brasil e para o Maranhão.
Waldir Maranhão.
Deputado federal.
Cresce a possibilidade de Eduardo Sá disputar mandato de deputado federal

Cresce a possibilidade de Eduardo Sá disputar mandato de deputado federal

De forma discreta e otimista, o nome do ex-vereador de Chapadinha, Eduardo Sá, vem sendo citado como possível indicação às eleições 2018 para uma vaga na Câmara Federal, se encaixando em um perfil de renovação política devido à pouca idade e pelo trabalho que exerceu entre os anos de 2013 e 2016, quando legislou o município.

Se destacando na nova geração de políticos, sua pré-candidatura tem causado comentários nos bastidores, uma vez que ele já possui conhecimento técnico e vivência política e foge dos grupos de candidatos que só exercem suas funções em época eleitoral.

A candidatura do ex-vereador se daria devido aos esforços da classe política que representa toda a região do Baixo Parnaíba, que hoje soma mais de 700 mil habitantes, resultando em 400 mil eleitores segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Assim, o nome de Eduardo aparece como um dos fortes candidatos e mais preparados para disputar a vaga.

Eduardo construiu uma carreira exitosa no ramo empresarial e quando foi eleito vereador de Chapadinha, se destacou com sua atuação no campo da oposição. Atualmente ele é secretário de Meio Ambiente e lidera um projeto grande de construção de um shopping em Chapadinha (o primeiro da região), no qual o estudo de viabilidade encontra-se em fase de conclusão.