Flávio Dino pode perder a Raposa para Roberto Rocha

Flávio Dino pode perder a Raposa para Roberto Rocha

O município de Raposa, distante 28 km de São Luís, vive um dos seus momentos mais complicados da história política.

A prefeita Talita Laci (PCdoB), está impedida de disputar a reeleição por ter assumido a Prefeitura, de forma judicial, por três meses, na gestão do seu então adversários Clodomir de Oliveira dos Santos.

Incentivada por algumas pessoas, Talita trocou quatro anos de mandato por três meses de gestão.

O grupo Laci até que tentou emplacar alguns nomes, mas nenhum deles conseguiu até hoje um resultado positivo.

Restando poucos meses para a eleição, os eleitores e membros da mesa grande do grupo Laci não sabem ainda quem será o candidato do clã.

Falou-se em Osmar do Feirão, um empresário muito bem quisto na cidade e que teria o apoio da igreja Assembleia de Deus, mas este blog obteve informações de que o empresário já teria comunicado que não será desta vez que disputará a prefeitura.

O motivo é óbvio: Osmar teme acabar com o comércio – em função do ‘pede, pede’, por uma aventura que não tem garantias reais de vitória.

Por conta da incerteza, o Republicanos, partido da base do governo municipal e estadual, tem ensaiado um rompimento a qualquer momento com o grupo Laci.

Resta ainda o nome do ex-vereador Marcio Greick, do PCdoB, que é um personagem muito interessante, segundo analistas políticos raposenses, mas, apesar de ser uma boa opção, acaba sendo muito prejudicado pela falta de recursos e pelo pouco tempo para desenvolver uma campanha.

“Eudes, Ocileia e Andreia da Colônia já estão há quatro anos fazendo campanha, todos os três são nomes consolidados, toda a Raposa sabe que eles são candidatos. Mas nós aqui do grupo não temos como fazer um candidato do zero em pouco mais de 2 meses. É bem aí que o Márcio acaba sendo muito prejudicado”, foi o que revelou ao editor do blog um dos vereadores da base da prefeita Talita.

Sem opções, fala-se em aliança do grupo Laci com Eudes Barros. do PL comandado no estado pelo deputado Josimar de Marahãozinho, o que parece ser a melhor saída. Mas, até agora, a conversa não saiu dos bastidores ou das especulações. A suposta união é vista com bons olhos por eleitores dos dois grupos e parece ser a única chance real de vitória e de segurança política de quem comanda o poder executivo municipal.

O fato é que por um descuido político, a máquina do Governo do Estado corre um sério risco de perder a Prefeitura da Raposa para um dos maiores opositores de Flávio Dino, o senador Roberto Rocha que apoia a filha do ex-prefeito Paraíba, Ocileia Fernandes.

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *