Política

Pai de vereador vira réu em nova ação que investiga esquema com emendas em São Luís

Pai de vereador vira réu em nova ação que investiga esquema com emendas em São Luís

Processo é distribuído ao 1º Juizado Especial Criminal e já está conclusos para decisão

Investigação do Ministério Público pode desvendar quebra-cabeça de recursos das emendas parlamentares

O ex-secretário Municipal de Cultura, Carlos Marlon de Sousa Botão – o Marlon Botão, que é pai do vereador Marlon Botão Filho (PSB), virou réu em nova ação que investiga supostos esquemas com dinheiro público envolvendo emendas parlamentares da Câmara Municipal de São Luís.

Segundo fontes da Justiça Estadual, os supostos crimes estão previstos na Lei da Organização Criminosa e o caso foi distribuído ao 1º Juizado Especial Criminal, no último dia 26 de setembro, tramitando no judiciário maranhense sob o nº 0849669-98.2021.8.10.0001.

Conforme informações obtidas com exclusividade pelo blog da Dalvana Mendes, na mesma data ocorreu, por exemplo, a juntada de petição criminal onde os autos foram conclusos para decisão – fase em que os processos estão com o juiz para que ele decida sobre alguma coisa importante, mas que não é a decisão final.

De acordo com as investigações, a Secretaria Municipal de Cultura (Secult), que era comandada pelo genitor do parlamentar, teria sido utilizada para escoar os recursos públicos por meio de convênios assinados entre a Prefeitura de São Luís, sob a gestão do ex-prefeito Edivaldo de Holanda Júnior (PSD), e entidades de interesse social, que teriam sido usadas no suposto esquema de corrupção.

DOCUMENTO
Clique aqui e baixe o espelho do processo envolvendo novo escândalos das emendas parlamentares

Além de Marlon Botão, também figuram no polo passivo outras quatorze pessoas que já estavam sendo investigadas na Operação Faz de Conta, desencadeada em novembro de 2019, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), bem como a Superintendência de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) e a Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), para apurar crime de falsificação de documento para recebimento de recursos públicos. Essa ação é originária do processo nº 0829110-23.2021.8.10.0001.

Entre os investigados desse novo processo estão Alberto Jorge Souza Teixeira Junior, Ana Maria Souza Lima, Euvaldo Barbosa Pereira Filho, Jean Felipe Nunes Castro Martins, Jose Eduardo Veiga Azevedo, Júlio Cesar da Hora, Marcelo de Jesus Machado, Marcio Henrique de Jesus Almeida, Marcio Jorge Berredo Barbosa, Marcio Rogerio Leonardi, Ney Almeida Duarte, Pedro Phellyp da Silva Galeno, Roberto Fabiano Veiga da Silva e Willame Silva Moura.

Material apreendido em um dos escritórios alvos das investigações — Foto: Divulgação / Polícia Civil

Perguntas sem respostas

O blog faz alguns questionamentos sobre pontos que não ficaram claros nas investigações do Parquet. Afinal, o ex-secretário que figura como réu no processo usou ou não dinheiro público – alvo das investigações – para eleger o filho como vereador, um menino que até então era desconhecido no meio político?

O que diz a prestação de contas do filho do ex-secretário investigado? O Ministério Público realizou cruzamento das informações de receita e despesas para descobrir alguma relação com os réus?

Por que os investigados da nova denúncia são quase os mesmos da Operação Faz de Conta?

Mesmo sob investigação os acusados continuaram realizando as mesmas práticas? Por quais motivos não foram afastados das funções?

Se continuam atuando mesmo em meio às denúncias, quais foram os projetos dos vereadores que realizaram nesse período?

Qual a relação dos investigados com setores da administração de Paço do Lumiar? O Ministério Público também já realizou algum cruzamento neste sentido para descobrir algo mais?

Carro de luxo à amante

Além disso, inquéritos que apuram os supostos esquemas com emendas parlamentares aos quais tivemos acesso revelam as suspeitas envolvendo a organização criminosa que envolve vereadores, ex-vereadores, secretários, ex-secretários, funcionários e até deputado federal. As denúncias envolvem prática de subtração de recursos públicos, falsidade documental e até mesmo benesses à amante de um dos vereadores, que atuava como ‘assessora’ na Câmara.

Segundo as investigações, parte das emendas foram depositadas na conta da ‘ex-assessora’ parlamentar para compra de um veículo modelo Corolla, da marca Toyota. O automóvel foi um ‘presente’ do ex-chefe aos serviços por sua ex-funcionária ‘dedicada’. Os detalhes, entretanto, vamos revelar no próximo capítulo da série sobre o assunto.

Em carta-desabafo, Miltinho diz que tempo julgará consequência da traição de Eliziane, Inácio e seu ex-secretário Atanildo

Em carta-desabafo, Miltinho diz que tempo julgará consequência da traição de Eliziane, Inácio e seu ex-secretário Atanildo

 

Secretário de mobilização do PSB no Maranhão, o ex-prefeito de São Mateus, Miltinho Aragão, enviou uma carta ao seu ex-secretário de Finanças, Atanildo de Oliveira, neste sábado (11) na qual faz um desabafo também à senadora Eliziane Gama (Cidadania) e seu esposo, Inácio Melo (PDT).

A mensagem, publicada nas redes sociais do político, foi em “caráter pessoal” ao ex-auxiliar e, nela, Miltinho “apontou episódios que levaram Eliziane ao Senado, mesmo tendo sido humilhada nas urnas durante as eleições de 2016, quando a parlamentar ficou em 4º lugar”.

Desde a exoneração de Atanildo da administração do prefeito Ivo Rezende, Miltinho estava sem se pronunciar sobre o episódio. No entanto, ele resolveu se manifestar pouco depois que seu ex-secretário ter publicado uma carta em suas redes sociais contando sua versão dos fatos e, com críticas ao ex-chefe, inclusive, lhe apontando com pivô de sua saída da atual administração municipal.

Leia abaixo a íntegra da carta obtida pelo blog da Dalvana Mendes:

Carta a Atanildo

1 – De início, de público, agradeço pelo convívio diário nos meus 02 mandatos (2013 até 2020) e pelo esforço e colaboração desprendidos nas missões administrativas que lhe confiei, através dos cargos de confiança a um jovem da nossa cidade, como fiz com tantos outros anônimos, garantindo oportunidade e visibilidade relevante, sempre nos termos do Artigo 37 da Constituição Federal do Brasil;

2 – A síntese da carta que você escreveu tem apenas a difícil missão de apresentar ao povo de São Mateus, seu pré-candidato a deputado estadual, Inácio Melo – atual marido da senadora Eliziane Gama, em detrimento a alguém que é filho de sua terra natal, justamente, o mesmo que lhe abriu as portas, que lhe deu oportunidades e plenos poderes, jamais visto a um secretário de finanças. Ademais, o meu ex-secretário, nem teve o cuidado de antes de usar a rede social para anunciá-lo, vir a minha presença e me despachar dignamente, preferindo não sair pelas portas da frente, como é de se esperar de todo aquele que zela por sua biografia;

3 – Em seu escrito, meu ex-secretário Atanildo, mente ao afirmar que a senadora Eliziane Gama mandou para o município R$ 10 milhões, depois que foi eleita para o cargo. A afirmação, entretanto, é totalmente equivocada, pois a ‘robusta ajuda’, ainda hoje São Mateus espera cair o primeiro centavo;

4 – O meu ex-secretário Atanildo, também se equivocou ao afirmar que ao ser nomeado para o cargo, o Município devia 06 meses de salários na época. Isso é devaneio. Fosse verdade, jamais teria sido eleito prefeito, reeleito para o mesmo cargo e ainda elegido meu sucessor, deixando a gestão com mais de 80% de aprovação;

5 – Outra mentira ‘plantada’ pelo meu ex-auxiliar é que fui “grosseiro e deselegante” com a senadora e/ou seu atual marido Inácio Melo. Onde está escrito? Gostaria que ele apontasse ou pudesse mostrar essa grosseria ou deselegância. Não lhe tenho em minhas contas como leviano, mas o ônus da prova cabe a quem acusa;

6 – A carta de Atanildo é uma combinação de ressentimentos, informações atabalhoadas, inverdades e ‘declarações de amor’ a Inácio Melo, com agressões a minha pessoa, apenas com o objetivo de passar certeza na nova relação que pretendo disputar contra o candidato apoiado por ele. No entanto, as consequências desta ação serão apreciadas e julgadas pelo tempo e pelo povo;

7 – A estratégia de Atanildo tende a ser fadada ao fracasso, pois vejo que ele usa o momento político e o pré-candidato Inácio para marcar espaço, visando se apresentar na política local em outro grupo e assumir o “espólio político” de um ex-prefeito. Me parece claro, pois este filme já passou, mas o final já é de conhecimento de todos;

8 – O que Atanildo não sabe ou finge não saber é que o “cavalo selado” passou em sua porta, mas ele não montou. Segurei nas rédeas e “suei” para convencê-lo a montar para ser o atual vice-prefeito, mas não consegui. Alguns poucos “amigos seus” não o deixaram montar, estes mesmos continuam ao seu lado, mas o tempo se encarregou de mostrar que essa ‘não montada’ foi um livramento. Um dia descobrirá, se eles ou eu, queria o teu melhor caminho;

9 – Meu caro Atanildo, você não encontrará nenhuma manifestação de ofensa a sua pessoa, da minha parte. No entanto, só não me cobre por manifestações de terceiros; a minha firme decisão de me posicionar em favor de Carlos Brandão, para ser o próximo governador, têm gerado diversas tentativas de “arapucas” e cooptação local de pessoas muito próximas, na vã tentativa de me desestabilizar. Não conseguirão, quem me conhece sabe, não conseguirão. É nestas horas que mais cresço;

10 – Todos sabem que tenho uma bela história de superação na política; nunca fui de desistir, sou um autêntico brasileiro e um são-mateuense, com muito orgulho, nascido pelas mãos da parteira, a mãe Justina, na Rua Benú Lago. Minha vida nunca foi fácil, por isso, estão e vão criar diversos pedregulhos no meu caminho, mas tudo vai passar, pois que está no comando dela é Deus;

11 – Em muito breve, quando o governador Flávio Dino, no alto da sua sabedoria e aprovação popular superior a 70% indicar o seu sucessor, estarei eu, a acompanhar fielmente o que entender melhor, assim como a imensa maioria da classe política e do povo maranhense que experimentam um novo momento deste Estado. E, que seja o mais breve governador, a evitar tantas discórdias de um lado só. Quem sabe, para juntar a muitos que hoje jogam pedras em quem um dia lhe estendeu a mão;

12 – Quanto à senadora Eliziane e Inácio Melo, personagens centrais da “Carta do Atanildo”, tenho boas lembranças dos tempos de Deputada Federal (2014 até 2018), quando de fato ajudou São Mateus, retribuindo a importante ajuda do povo desta cidade, que sob a minha liderança lhe garantiu o 1º lugar para Deputada Federal;

13 – Tenho como marcante o dia em que, na residência da então deputada, no Araçagy, ventilei a ideia de ela concorrer ao Senado. À época, em dezembro de 2016. Naquela data, ela tentava se erguer politicamente, após ser massacrada na disputa para prefeita de São Luís, ficando em 4º lugar, um momento da carreira pública dela em não existia Inácio Melo no dia a dia, da parlamentar. Naquele período, o marido da Senadora ainda não era um ‘empresário bem-sucedido’;

14 – Fui peça central na candidatura da então deputada Eliziane rumo ao Senado, em todos os níveis e sentidos. A Senadora, Inácio e o Atanildo, sabem muito bem o que fiz. Mas, após ela ter sido eleita senadora, bem diferente do que diz a carta do seu novo aliado político no município, nenhuma contribuição à nossa cidade. De 2019 até aqui, o apoio dela à São Mateus, foi ZERO;

15 – Repito, tudo que ajudou São Mateus, foi no período em que foi Deputada Federal (2014/2018), nem mesmo no auge da Pandemia, se dignou a senadora em ajudar esta cidade, REITERO, como senadora ZERO AJUDA, para o espanto e perplexidade de muitos políticos que sabem da minha história com a ilustre SENADORA DA REPÚBLICA;

16 – A confirmar o que descrevo até aqui, e o fiz com tamanha dedicação e sacrifício, até pessoal, pela campanha da Senadora Eliziane em 2018, o Senhor Inácio Melo, ao amanhecer do dia da eleição, 07 de outubro de 2018, ao telefone, fez um depoimento muito forte de reconhecimento por tudo que fiz;

17 – Chorando, aos prantos, com muita emoção, Inácio Melo, me dizia ao telefone que “tinha por mim um sentimento de irmão, por tudo que eu fiz pela mulher dele, que em instantes começaria a votação… e que eu tinha ganhado um irmão”;

18 – E, ao final da tarde do mesmo dia, já com a proclamação da vitória, Eliziane já senadora nas urnas. Naquela oportunidade, Inácio Melo, ao lado da esposa, volta a me agradecer por tudo que fiz, afirmando: “Cara, nós vencemos, tu foste fundamental, senão fosse tu nada disso seria possível”;

19 – É este mesmo Inácio Melo, Atanildo, que você agora se junta para me enfrentar dentro de São Mateus, após uma história bonita e tão recente. Deus, o povo e o tempo lhes julgarão… Não voltarei mais a tratar deste tema. Somos todos responsáveis por nossas escolhas. Da minha parte nenhum ressentimento. Aqui ficamos. Boa sorte.

Respeitosamente,

Miltinho Aragão

São Mateus/MA, 11 de setembro de 2021.

Solenidade marca abertura dos trabalhos legislativos na Câmara de São José de Ribamar

Solenidade marca abertura dos trabalhos legislativos na Câmara de São José de Ribamar

Na manhã desta terça-feira (2/2), a Câmara Municipal de São José de Ribamar abriu oficialmente os trabalhos do ano de 2021, numa solenidade que contou com a presença do prefeito Júlio Matos – o Dr. Julinho (PL) e do vice Dr. Júnior Lago (Avante). Dos 21 vereadores que ocupam cadeiras na Casa, 15 foram eleitos pela primeira vez e seis reeleitos continuam suas funções na vereança.

Neste 1º biênio da 19ª Legislatura, a Casa será comandada pela Mesa Diretora eleita no dia 1º de janeiro, tendo na presidência a vereadora Francimar Jacintho (PL); na 1ª vice-presidência, José Lindoso; 2ª Vice, Moisés Gama; 1ª Secretaria, Thais Negão; 2ª secretaria, Juliano; 3ª secretaria, Jordão Reis; e 4ª secretaria, Antônio Ludovico.

Em virtude da pandemia do novo coronavírus, o comando da Casa manteve o cumprimento das normas sanitárias, com todos os presentes realizando limpeza das mãos com álcool em gel e uso da máscara dentro e fora do parlamento.

REFORÇANDO O COMPROMISSO
A presidente Francimar Jacintho abriu a sessão, desejando as boas-vindas à Mesa Diretora e a todos os vereadores como também ao prefeito Dr. Julinho, ao vice Dr. Júnior Lago e secretários municipais, que participaram da solenidade de abertura dos trabalhos legislativos.

Segundo a gestora, o diálogo será uma ferramenta essencial nos trabalhos da Câmara para a mediação de várias demandas da cidade junto ao Executivo. “É através do bom debate com todos os vereadores e harmonia entre os Poderes Executivo e Legislativo que vamos superar os desafios e construirmos juntos uma São José de Ribamar melhor”, disse Francimar Jacintho.

Na solenidade, o prefeito Dr. Julinho falou sobre a expectativa de uma parceria amistosa e institucional entre o Executivo e o Legislativo para sanar problemas estruturais na cidade ribamarense, em especial, na luta contra a Covid-19.

“Caminhando juntos vamos progredir, pois a crise financeira que atinge o País e o Mundo afeta o Executivo com reflexo também no Legislativo. Por isso é salutar que mantenhamos essa semiose entre os Poderes Executivo e Legislativo”, destacou.

O vice Júnior Lagos adotou um discurso sincronizado com o prefeito, ressaltando a garantia de que o parlamento municipal manterá a independência, sem esquecer da harmonia com o Executivo, que deve ser preservada.

“A parceria e união entre os poderes será em prol da população. Não tenho dúvida que esta Casa saberá manter isso”, informou.

BOAS EXPECTATIVAS
Com boas expectativas para o futuro do município ribamarense, vereadores fizeram o uso da palavra para dar boas-vindas à nova legislatura e garantir que a Casa está pronta para ampliar o leque de debates importantes e para melhorar a qualidade de vida da população.

Os parlamentares discursaram na Tribuna enaltecendo o papel do Legislativo e reforçando a parceria com a Prefeitura em prol do desenvolvimento de São José de Ribamar.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Em Pinheiro, Luciano Genésio tem 70% de aprovação, diz pesquisa

Em Pinheiro, Luciano Genésio tem 70% de aprovação, diz pesquisa

Não é segredo para ninguém que Luciano Genésio ganhou grande notoriedade no cenário político maranhense nos últimos 4 anos devido a sua atuação à frente da prefeitura de Pinheiro, seus feitos surpreenderam até o políticos mais experientes que não acreditavam ser possível conseguir em tão pouco tempo os avanços que Luciano conseguiu trazer para o município.

O reflexo de seu desempenho como prefeito da cidade de Pinheiro foi medido nas eleições deste ano, Luciano se reelegeu com mais de 60% dos votos válidos e agora encerra o ano com mais uma excelente notícia, sua administração é avaliada positivamente por cerca de 70% da população de Pinheiro, segundo dados da pesquisa Prever.

A pesquisa também questionou a população sobre o futuro do jovem político, ao questionar sobre sua possível saída para concorrer ao cargo de deputado federal ou estadual, 81,67% dos entrevistados responderam que querem que Luciano conclua o seu mandato.

“É com muita honra que finalizo meus 4 primeiros anos de mandato tão bem avaliado, meu compromisso é de que os próximos 4 anos serão muito melhores, pretendo continuar trazendo avanços para Pinheiro e com certeza vou fazer a vontade do povo e concluir esses 4 anos de gestão com trabalho, trabalho e trabalho,” disse Luciano.

Ainda segundo a pesquisa, as secretarias mais atuantes do governo Luciano foram saúde, educação e infraestrutura. De fato a saúde evoluiu de forma espantosa durante os últimos 4 anos, Luciano conseguiu reformar, ampliar e modernizar as unidades de saúde municipais, reorganizou toda a estrutura, como resultado conseguiu sucesso no combate à pandemia da Covid-19.

Na educação Luciano reformou mais de 90% das escolas municipais, aprovou o plano de cargo, remuneração e carreira dos profissionais da educação e deu show na execução do ensino remoto durante o período mais crítico da pandemia.

Pesquisa DataIlha mostra diferença de seis pontos entre Braide e Duarte Jr.

Pesquisa DataIlha mostra diferença de seis pontos entre Braide e Duarte Jr.

A TV Band divulgou, neste domingo (22), pesquisa de intenção de voto para prefeito de São Luís no 2° turno realizada pelo Instituto DataIlha. Eduardo Braide (Podemos) aparece na frente com uma diferença de seis pontos para Duarte Jr (Republicanos).

No cenário espontâneo, Braide aparece com 44,3%, enquanto Duarte Jr tem 38,3%. Brancos e nulos são 1,2% e não sabem ou não responderam somam 16,2%.

Já no cenário estimulado, Eduardo Braide mantém a liderança com 47%, enquanto Duarte Júnior alcança 41%. Brancos e nulos somam 7,1% e não sabem ou não responderam são 4,8%.

Considerando apenas os votos válidos, ou seja, sem brancos e nulos, Braide tem 53,4%, ao passo que Duarte Jr chega a 46,6%.

O levantamento foi feito entre os dias 16 e 17 de novembro e ouviu 1.080 eleitores de 44 bairros de São Luís. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O registro na Justiça Eleitoral está sob o número MA-05682/2020.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

 

Vitória de Eudes Barros na Raposa é derrota para Weverton e Roberto Rocha

Vitória de Eudes Barros na Raposa é derrota para Weverton e Roberto Rocha

Eudes Barros, do PL, foi eleito ontem, domingo (15), prefeito de Raposa para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Eudes Barros teve 42,92% dos votos. Foram 6.741 votos no total.

O candidato derrotou Ocileia Fernandes, que ficou em segundo lugar com 40,17% (6.309 votos). A eleição teve 2,79 votos nulos e 1,47% votos brancos.

DERRUBANDO AS PESQUISAS

Eudes, além de derrotar Ocileia, derrubou pesquisas de vários institutos, que apontavam a sua derrota. Foi o que aconteceu com Pesquisa Exata, realizada nos dias 6 e 7 de outubro de 2020, sob o registro TRE-MA de número 04999/2020, que apontava vitória da candidata Ocileia com 38% das intenções de voto contra fantasiosos 31% de Eudes Barros. A pesquisa Exata, não acertou Exatamente nada.

O Instituto Escutec, foi outro que errou feio na Raposa, ao apontar Ocileia na dianteira, com 33%, na estimulada – quando são apresentados, ao entrevistado, opções de candidatos -, contra 27% de Eudes Barros.

Por último, o desconhecido e duvidoso Instituto Survy, que ficou conhecido por funcionar em cima de um Salão de Beleza, no Cohatrac, em pesquisa realizada entre os dias 09 e 11 de novembro, também apontava vitória de Ocileia com 44.63%, contra 33.06% de Eudes Barros.

SOBRE EUDES BARROS

Eudes Barros tem 51 anos, é casado, tem superior completo e declara ao TSE a ocupação de advogado. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 530.000,00. O vice é Márcio Greik, do PCdoB, que tem 45 anos.

Os dois fazem parte da coligação formada pelos partidos PL, PCdoB, DC e Republicanos.

Veja o resultado após o fim da apuração:

  • Eudes Barros (PL) – 42,92%
  • Ocileia Fernandes (PSDB) – 40,17%
  • Andréa da Colônia (PSD) – 15,98%
  • Padre Antonio Abençoado (Solidariedade) – 0,92%
Ocileia se cala sobre quadra fantasma do Araçagi e seus aliados atacam a imprensa

Ocileia se cala sobre quadra fantasma do Araçagi e seus aliados atacam a imprensa

A candidata a prefeita de Raposa, Ocileia Fernandes (PSDB), foge dos questionamentos sobre uma obra fantasma inacabada conhecida pela população como a quadra do Araçagi, iniciada na gestão do seu pai, o ex-prefeito Onacy Carneiro (o Paraíba), quando o marido de Ocileia, Antônio Carlos Marques Silva, era o secretário de Obras da cidade.

Inicialmente, a filha de Paraíba foi questionada pelo jornalista Udes Filho, em vídeo divulgado nas redes sociais. Ocileia se calou e seus apoiadores passaram a atacar o comunicador, de forma pessoal, tentando desviar o foco do assunto gravíssimo.

Outros profissionais de imprensa do Estado, do rádio e dos blogs, também, começaram a ser atacados pelos apoiadores de Ocileia, por trazerem o tema a público, provocados por moradores da cidade.

O fato é que além da quadra do Aracagi, obra fantasma que Ocileia Fernandes não quer explicar, ficou claro que a gestão de seu marido a frente da Secretaria de Obras de Raposa, foi uma das piores que o município já teve, quando a cidade era tomada por mato, buracos que eram tapados com pedras, além de obras inacabadas, muito lixo e nenhuma atenção aos setores da Pesca e do Turismo.

Nas rádios da capital, ouvintes da Raposa cobram explicações, mas Ocileia se mantem calada e seus apoiadores apenas atacam os profissionais da imprensa.

A pergunta continua no ar: Onde foi parar o dinheiro da Quadra do Aracagi?

Veja o vídeo: 

 

Raposa: Seguido por multidão histórica, Eudes Barros deixa Ocileia no Imosec

Raposa: Seguido por multidão histórica, Eudes Barros deixa Ocileia no Imosec

Na noite desta terça-feira (10), durante passeata do grupo 22, liderado pelo candidato a prefeito de Raposa, Eudes Barros (PL), a sua adversária Ocileia Fernandes pegou outra “taca” em relação a demonstração de força. Eudes que já foi chamado, no passado, de vereador moral, agora, já pode ser considerado o prefeito moral da Raposa. Dias antes, Ocileia tentou promover um grande arrastão, mas, com pouca adesão popular, acabou passando um grande vexame, com seus poucos gatos pingados. Dizem que na mansão Paraíba, moradores e aliados de Ocileia foram parar no  Imosec.  Cacos de pratos, copos e eletrodomésticos amanheceram na lixeira do condômino dos Paraíba. Parece que alguem teve uma crise e saiu quebrando tudo lá dentro.

Ladeado por Márcio Greik, Talita Laci, do seu pai José Laci e do deputado federal Josimar de Maranhãozinho, Eudes comandou uma multidão pelas principais ruas do município no que pode ser considerado o maior ato político popular da história de Raposa.

Aliados de Ocileia assistiam o espetáculo da democracia popular espantados com tamanha força e concentração de pessoas gritando o nomes de Eudes Barros.

Desde as 16h ainda na concentração na frente da escola Santo Antônio na Avenida Principal da cidade, já se via a imensidão de gente que tomou conta da Avenida São Sebastião na Vila Nova e seguiu para a Avenida Cafeteira na Vila Bom Viver, passado depois pelo Inhaúma até a chegada na Praça Chico Noca.

Já por volta das 20h, na Praça que será inaugurada na próxima semana, um trio já esperava pela multidão para realização de um rápido comício.

 

Em vídeo, Flávio Dino pede votos para Eudes Barros e Márcio Greick na Raposa

Em vídeo, Flávio Dino pede votos para Eudes Barros e Márcio Greick na Raposa

A situação do candidato a prefeito de Raposa pelo Partido Liberal (PL), Eudes Barros, se mostra cada vez mais tranquila em relação à disputa pela Prefeitura da cidade turística.

Além de liderar em pesquisas, quando se trata dos nomes políticos de atuação no Estado, os aliados de Eudes Barros na Raposa se mostram bem mais influentes em comparação aos apoiadores de seus adversários. O governador Flávio Dino (PCdoB), em vídeo, hoje, pela manhã, reforçou o seu apoio à candidatura de Eudes Barros.

De acordo com a pesquisa do Instituto Team, protocolo MA-06938/2020, o governador Flávio Dino e o deputado federal Josimar Maranhãozinho, que são aliados da linha de frente de Eudes Barros, estão entre os mais influentes na cidade turística. 19% dos entrevistados acredita que o governador seja o político mais influente na Raposa, enquanto 4% afirma que é Josimar Maranhãozinho. Sendo assim, 23% dos entrevistados acredita que os aliados de Eudes tem muito mais peso político.

A avaliação do cenário municipal da Raposa foi realizada no período de 02 a 04 de outubro de 2020, com 300 entrevistas. A margem de erro é de 5 pontos para cima ou para baixo e o nível de confiança de 95%.A pesquisa tem registro na Justiça Eleitoral com o número MA-06938/2020.

 

Raposa: Ocileia esconde do povo que é apoiada pelo ex-prefeito Clodomir e Ivonete

Raposa: Ocileia esconde do povo que é apoiada pelo ex-prefeito Clodomir e Ivonete

Caminhonete do ex-prefeito Clodomir dos Santos adesivada com o 45 de Ocileia, estacionada na porta de sua residência

A candidata a prefeita de Raposa, Ocileia Paraíba Fernandes, do PSDB, filha do ex-prefeito Paraíba, ataca com ódio e violência verbal o seu principal adversário, o líder nas pesquisas Eudes Barros (PL), por ele ter aceitado o apoio político da atual prefeita do município, Talita Laci (PCdoB), para as eleições deste ano. A Ocileia “revoltada”, que esconde muitas coisas de seus eleitores, não quer que todos saibam, que,  hoje, ela conta com o apoio do ex-prefeito do município, Clodomir Santos e de sua esposa, a ex-primeira-dama Ivonete.

Ocileia, filha do ex-prefeito condenado Paraíba, que em 2016 só chamava Clodomir e Ivonete dos piores nomes, que dizia que Clodomir e Ivonete eram traidores por terem sido eleitos com o apoio total da própria Ocileia e da família Paraíba, agora, esconde de todos que é apoiada por Ivonete e Clodomir.

Ela faz questão de esconder, mas o Blog da Dalvana Mendes mostra a verdade, a verdade que Ocileia, filha de Paraíba, tenta esconder de seus eleitores e de todo o povo da Raposa.

Quer dizer que o Eudes não pode aceitar o apoio vindo do grupo Laci, mas Ocileia pode ser apoiada por Clodomir e Ivonete?

Justamente Clodomir e Ivonete, o casal que foi mais atacado por Ocileia até o final das eleições passadas. O casal que Ocileia dizia ser a desgraça da Raposa, segundo relatos de alguns raposenses. “Ela dizia que Clodomir era o pior prefeito da história da Raposa”, disse um ex-vereador da cidade.

Segundo informações repassadas por um ex-aliado de Ocileia, que hoje apoia Andrea da Colônia, até a barba de Clodomir era criticada por ela, que fazia cara de nojo ao citar o nome do ex-prefeito. Quantas vezes as vestimentas da ex-primeira-dama foram criticadas por Ocileia, que a classificava de brega, cafona. Isso sem citar as palavras de desprezo que ela usava ao se referir à gestão de Clodomir.

Abram bem os olhos eleitores de Raposa, Ocileia tem sim uma aliança com Clodomir e Ivonete. A foto da caminhonete do ex-prefeito com o adesivo do 45 é uma prova concreta.