Secretário de Educação, Felipe Camarão faz apelo aos pais e responsáveis de alunos

Secretário de Educação, Felipe Camarão faz apelo aos pais e responsáveis de alunos

O secretário de Educação, Felipe Camarão fez um apelo aos pais e responsáveis para que mantenham motivados os estudantes da rede pública estadual que estão com as aulas remotas por conta da pandemia da pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista à TV Mirante, nesta quarta-feira (14), Felipe Camarão disse que há um grande esforço das equipes pedagógicas e professores para motivar os alunos, mas ele considera fundamental o papel de pais e responsáveis neste momento tão difícil.

“Em entrevista à TV Mirante, eu fiz novamente um apelo aos pais/responsáveis dos nossos estudantes. Precisamos que vocês observem seus filhos e os mantenham motivados para continuar o acompanhamento das aulas remotas. Não podemos permitir que eles abandonem os estudos. Há um esforço enorme das nossas equipes pedagógicas e professores, mas o apoio de vocês é fundamental para fazermos um ensino remoto de qualidade”, destacou.

NA última segunda-feira (12), Felipe Camarão disse em entrevista à Rádio Mirante AM que os professores deverão ser incluídos no grupo de vacinação contra a Covid-19 e que devem ser imunizados até julho e fez a previsão da volta às aulas no sistema híbrido a partir de agosto e totalmente presencial no ano que vem em todo o Maranhão.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Ivo Rezende assina convênio que garante compra de alimentos para fortalecer a agricultura familiar em São Mateus

Ivo Rezende assina convênio que garante compra de alimentos para fortalecer a agricultura familiar em São Mateus

compromisso do município para ofertar alimento de qualidade e, ao mesmo tempo, fortalecer a agricultura familiar.

O prefeito de São Mateus do Maranhão, Ivo Rezende, assinou, na Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), ao lado do secretário, Rodrigo Lago, na última terça-feira (13), o convênio com o Governo do Maranhão que garante a compra de alimentos da agricultura familiar por meio do programa Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

O PAA é uma iniciativa do Governo Federal, em parceria com os estados e municípios, para a inclusão produtiva das famílias rurais. É executado no Maranhão por meio do Sistema SAF e consiste em comprar o produto do agricultor familiar cadastrado, com dispensa de licitação e entregá-lo às instituições que atendem pessoas em condições de insegurança alimentar da rede socioassistencial. Isto é, comprar de quem produz, para doar a quem mais precisa.

Para o prefeito Ivo Rezende, a parceria com o município é de grande importância e mais uma das políticas públicas do governo que garante uma ampla rede de proteção aos mais vulneráveis, principalmente em um momento em que as atividades foram afetadas pela Covid-19.

“Hoje comemoramos este beneficio para a  população, em especial aos agricultores familiares, que precisam de um recurso extra e de medidas que mantenham o sustento dos homens e mulheres do campo, assim como ajudar a quem precisa”, disse o prefeito.

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Moisés Gama pede atuação do 13º BPM em todo o território de Ribamar

Moisés Gama pede atuação do 13º BPM em todo o território de Ribamar

O vereador Moisés Gama (Pros) participou, na manhã desta quarta-feira (14), de audiência pública visando discutir soluções para os problemas relacionados à segurança pública no município.

Durante o encontro, que seguiu todos os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19, o parlamentar defendeu a atuação do 13º Batalhão da Polícia Militar (BPM) em todo o território do município de São José de Ribamar.

Numa breve explanação, Moisés Gama explicou que no caso do bairro Parque Jair, que faz parte do território ribamarense, o policiamento na localidade está sob a responsabilidade do comando do 20º BPM, embora o município tenha uma corporação própria para atuar no lugar.

“Essa geografia territorial causa confusão até mesmo no policiamento. No Parque Jair, por exemplo, onde eu moro a responsabilidade pela atuação na área não é do 13º, mas do 20º BPM”, declarou o parlamentar.

O evento que buscou estratégias para a diminuição do aumento da criminalidade na pandemia, foi realizado no auditório da Semtrans e reuniu diversas autoridades do setor.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Ex-vereador Joan Botelho morre em São Luís por complicações da covid-19

Ex-vereador Joan Botelho morre em São Luís por complicações da covid-19

Vítima do coronavírus, faleceu nesta madrugada, em São Luís, o ex-vereador de São Luís Joan Botelho, que atualmente era professor do IFMA do Monte Castelo. Antes de integrar no IFMA, via concurso público, Joan Botelho era professor de história do Curso Wellington.

Ano passado ele lançou um livro sobre a história do Maranhão. Polêmico, era filiado ao PT e exerceu apenas um mandato na Câmara Municipal de São Luís, em meados da década de 1990. Ele estava internado havia vários dias, por conta do  Covid-19.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Operação que mira desvio de R$ 22 milhões em Miranda do Norte envolve o ex-prefeito Negão e o deputado Júnior Lourenço 

Operação que mira desvio de R$ 22 milhões em Miranda do Norte envolve o ex-prefeito Negão e o deputado Júnior Lourenço 

O Grupo de Atuação Especializada no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão , que está realizando, na manhã desta quinta-feira, 15, a Operação Laços de Família, em parceria com a Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), visa recuperar algo em torno de R$ 22 milhões desviados dos cofres públicos, através de mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca da Grande Ilha de São Luís,  que estão  sendo cumpridos nos municípios de São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Miranda do Norte e Bom Jardim.

Participam da operação 24 equipes da Polícia Civil, compostas por delegados, investigadores e escrivães, além dos promotores de justiça do Gaeco.

ESQUEMA

As investigações tiveram início a partir de denúncia do Tribunal de Contas da União (TCU) a respeito de desvios de recursos realizados no período de 2017 a 2020, durante a gestão do ex-prefeito de Miranda do Norte Carlos Eduardo Fonseca Belfort, conhecido como Negão.

O ex-gestor estaria utilizando recursos públicos para quitar dívidas pessoais junto ao TCU. O mesmo artifício teria sido usado pelo também ex-prefeito e atual deputado federal, José Lourenço Bonfim Júnior, que esteve à frente da administração municipal de Miranda do Norte no período de 2009 a 2016.

As investigações apontaram a existência de uma verdadeira organização criminosa criada com o objetivo de desviar recursos públicos. O esquema era operacionalizado por meio de empresas de fachada que participavam de processos licitatórios fraudulentos. Essas empresas não tinham capacidade técnica nem lastro financeiro para cumprir os contratos firmados.

Quatro contratos firmados entre a Prefeitura de Miranda do Norte e as empresas “PM Construções e Serviços Ltda.”, “F Cipião Prazeres” e “J Rodrigues Macedo” totalizaram um dano de R$ 22.061.477,53 aos cofres municipais. Esse, inclusive, é o valor do bloqueio das contas correntes, poupanças e aplicações dos investigados, solicitado pelo Ministério Público.

As investigações também apontaram ligações entre essas empresas, os ex-prefeitos investigados, seus familiares, empregados e amigos.

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Mandado de segurança expõe contradição de vice em responsabilizar prefeito de Rosário por atos do marido

Mandado de segurança expõe contradição de vice em responsabilizar prefeito de Rosário por atos do marido

Vice quer responsabilizar prefeito por atos praticados pelo marido

O mandado de segurança é um dos cinco remédios constitucionais previstos na Constituição Federal brasileira de 1988. Ele tem como objetivo proteger um direito líquido e certo que é ameaçado por uma autoridade pública ou um órgão que exerça funções públicas.

Foi com essa medida processual subsidiária, que a vice-prefeita de Rosário, Claudia Anceles (PT), se colocou em uma posição contraditória ao buscar o remédio constitucional, visando garantir a vaga caso fosse confirmada a cassação do prefeito Calvet Filho (PSC) na Câmara Municipal.

No documento protocolado na 1ª Vara de Justiça da Comarca de Rosário, Claudia diz que não pode responder em tese pelos possíveis crimes administrativos cometidos pela gestão do titular e que estão sendo investigados pelo Legislativo.

No pedido, ela garante que o caso pode resultar na cassação da chapa alegando uma espécie de ‘injustiça’, pois não assumiu em nenhum momento o cargo de prefeita e jogou toda a responsabilidade no colo do titular do cargo.

Além de contraditório, o argumento da vice-prefeita foi injusto, pois ela esquece que as denúncias que estão sendo apuradas pelo Parlamento foram praticadas por seu marido, o enfermeiro Willame Anceles, que atuou como secretário de saúde e foi afastado logo depois de estourar o escândalo dos “falsos médicos” e das “rachadinhas”.

Agora resta saber se o plano de cassar o prefeito e assumir a titularidade foi uma estratégia combinada com o marido ou com setores da oposição?

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Prefeitura de São José de Ribamar garante escola com 12 salas no Nova Terra

Prefeitura de São José de Ribamar garante escola com 12 salas no Nova Terra

A comunidade do Residencial Nova Terra vai receber uma nova escola com previsão de entrega para o final de 2022. A prefeitura de São José de Ribamar retomou as obras da escola municipal que contará com 12 salas de aulas e quadra poliesportiva que atenderá a comunidade no intuito de levar educação com qualidade para a comunidade.

De acordo com o projeto da obra, o edifício tem capacidade de atendimento de até 780 alunos, nos turnos matutino e vespertino.

Equipes da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Secretaria Municipal de Obras, Habitação, Serviços Públicos e Urbanismo (Semosp) realizaram uma visita técnica para vistoriar o reinício das obras.

Para a moradora do Residencial, dona Maria de Fátima, essa é a realização de um sonho.

“A comunidade está satisfeita com essa iniciativa, pois agora teremos onde deixar nossos filhos e também garantir educação para eles”, disse a moradora.

O prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho, destacou que essa escola dará oportunidades aos pais a buscarem o seu sustento de forma mais tranquila. “Além de dignidade, estamos oferecendo oportunidades aos pais, na certeza de que seus filhos serão tratados com muito carinho enquanto eles buscam o sustento para as suas famílias”, destacou o prefeito.

Justiça determina suspensão de greve dos rodoviários em São Luís

Justiça determina suspensão de greve dos rodoviários em São Luís

O desembargador Gerson de Oliveira Costa Filho determinou na terça-feira (13) o imediato retorno dos empregados do transporte rodoviário, com a manutenção de 100% de toda a frota operante da grande São Luís, incluindo os municípios de São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar. Em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 20 mil.

A ação de tutela provisória de urgência, de natureza cautelar antecedente, com pedido de concessão de liminar, foi ajuizada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís, em desfavor do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA).

Em sua decisão, o desembargador Gerson de Oliveira reconhece o direito de greve, entretanto ele entendeu que não houve a devida comunicação nos termos exigidos pela lei para a deflagração da greve.

Ele pontuou ainda que por se tratar de serviço essencial, a população é diretamente impactada, razão pela qual deve ser garantido o serviço da comunidade e baseou sua decisão no fato de não ter sido apresentada uma escala mínima para a prestação de serviço essencial garantido com base na Constituição.

Com informações do G1 Maranhão.

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Luciano Leitoa critica escolha do vice-governador Carlos Brandão pelo PSDB

Luciano Leitoa critica escolha do vice-governador Carlos Brandão pelo PSDB

presidente estadual do PSB e ex-prefeito de Timon, Luciano Leitoa

Além de colocar em xeque a liderança do governador Flávio Dino (PCdoB), o presidente estadual do PSB e ex-prefeito de Timon, Luciano Leitoa divergiu do chefe do executivo estadual ao criticar a escolha do vice-governador Carlos Brandão pelo PSDB.

”Eu acho que o vice-governador, inclusive, erra no partido que ele escolhe. O PSDB bate no Lula, bate no Bolsonaro. Nacionalmente, em minha opinião, falta a ele uma capacidade maior de articulação política”, disse o líder politico em entrevista à TV Mirante.

Curiosamente, a declaração ocorreu três dias depois de o governador Flávio Dino ter sido questionado pelo site Poder 360, sobre a chance de apoiar seu vice, por este ser do PSDB.

Diferente do que Luciano Leitoa afirmou, o comunista disse que “sem dúvida o Brandão é um ótimo nome e o fato de ele estar no PSDB fortalece o pleito dele. Eles me apoiaram em 2014, tenho um reconhecimento”.

Resta saber agora, se a afirmação do dirigente do PSB foi um combinado com alguém ou se serviu como recado direcionado não a Brandão, mas ao próprio Flavio Dino.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

CPI do Combustível e Inmeq realizam fiscalização em postos de combustível

CPI do Combustível e Inmeq realizam fiscalização em postos de combustível

“O primeiro reflexo nós já podemos ver na Grande Ilha, que é a redução do valor do combustível para o consumidor”, diz Duarte

Representando a CPI do Combustível, Duarte participa de fiscalização realizada pelo Inmeq

A CPI do Combustível, presidida pelo deputado estadual Duarte, participou de fiscalizações, na manhã desta terça-feira (13), em postos de gasolina da Grande Ilha, de iniciativa do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA).

Com intuito de verificar a qualidade e o volume do combustível oferecido aos consumidores, a fiscalização obedece vários quesitos técnicos que envolvem qualidade da bomba, lacre e outros componentes.

O deputado Duarte explicou que um dos objetivos é verificar se as normas federais estabelecidas pelo Inmetro estão sendo cumpridas. Ele entende que é importante para saber se o valor que o consumidor paga é condizente com o produto oferecido e o preço praticado.

“Nessa oportunidade está sendo a primeira fiscalização in loco. Nós oficiamos o Inmeq para que se fizesse um pente fino em todas as bombas. São testes como o da volumetria para identificar se o valor que o consumidor paga, de fato, está sendo colocado no tanque de combustível. É muito importante porque qualquer tipo de alteração vai gerar um impacto nocivo ao consumidor”, explicou Duarte.

Ao todo, 10 revendedoras foram elencadas para essa primeira etapa da operação, no entanto, mais uma foi acrescentada, após denúncia, durante o percurso.

Entre as já fiscalizadas e aprovadas estão os postos Shell II, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, na Cohab Anil I; Juçaral ALE, na MA-202 – conhecida como Estrada da Maioba -, na Forquilha; e Aguiar, localizado na Avenida São Luís Rei de França, no Turu.

De acordo com o auxiliar metrológico do Inmeq Leomar Noleto, os primeiros passos dessa fiscalização resultante da parceria com a CPI não constataram irregularidades.

“Nós fizemos a cronometragem da vazão, a litragem na medida de 20 litros, medimos a mangueira, a vazão de bico e o equipamento em si, a questão de lacre, tudo. Todos os ensaios que a portaria permite e nós fizemos até agora estão ok”, afirmou.

Primeira operação elencou 11 postos de combustíveis para serem fiscalizados ao longo do dia

Independentemente de até o momento não terem sido identificadas irregularidades, para o presidente Duarte, já há reflexo da CPI nos preços praticados em postos da Grande Ilha. Ele aponta que os trabalhos da comissão podem ter influenciado no preço que chega ao consumidor final.

“O primeiro reflexo nós já podemos ver na Grande Ilha, que é a redução do valor do combustível para o consumidor. Nós temos grande parte dos postos cobrando um valor menor do que R$ 5,00, tem posto cobrando R$ 4,74. Mas isso não é o suficiente, nós acreditamos que até o fim da CPI, nós vamos conseguir garantir uma redução maior ao consumidor, e não só na Grande Ilha, mas em todo o estado”, pontou.

Ao longo do dia, serão visitados postos na MA-201, MA-203; BR-135; Avenida Engenheiro Emiliano Macieira; e Avenida dos Portugueses. Membro suplente da comissão, o deputado Wellington do Curso também acompanhou a operação.

A Comissão realiza reuniões às segundas-feiras, às 16h, predominantemente de forma remota. Com prazo de 120 dias para concluir os trabalhos, tem como relator o deputado Roberto Costa e como vice-presidente Ana do Gás, os demais membros titulares são Ciro Neto, Rafael Leitoa, Ricardo Rios e Zito Rolim.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834