Fechadas chapas governistas para deputado estadual e federal

Fechadas chapas governistas para deputado estadual e federal

Depois de muita discussão, foram definidas as chapas do grupo de Flávio Dino para deputado estadual e federal. O governador reuniu os partidos na tarde/noite de ontem para bater o martelo. Havia um impasse com o PTC na coligação para estadual, porque partidos grandes não aceitavam a legenda, que só viria com Edivaldo Holanda pai e sem mais candidatos. Após muita discussão, o PTC ficou mesmo no chapão.

Este mesmo grupo de partidos também queria o PPS no chapão, já que o partido está na chapa majoritária. Mas depois de muito choro por não ter nenhum nome forte, o partido de Eliziane ficou mesmo na chapinha.

A maior chapa governista, que também deve eleger o maior números de deputados estaduais ficou com PCdoB, PDT, PP, PR, PRB, PSB, DEM e PTC.

Na chapinha ficaram PTB, PEN, PPS, PROS e PPL.

O SD, que tem como nomes mais fortes a ex-secretária de saúde de São Luís, Helena Duailibe e o deputado estadual Fábio Braga.

O PT, que tem sem um grupo forte para eleger dois ou três deputados sem a necessidade de coligação, saiu sozinho. Como é um partido grande que não está na majoritária, também teve prevalência para escolher o melhor caminho na proporcional.

Para deputado federal não houve muita discussão.

O chapão ficou com PC do B, PRB, PTB, PSB, PEN, SD, DEM, PROS, PTC, PPL e PPS. Como cederam para o SD para estadual, para federal, Simplício Araújo não teve a mesma moleza e vai no chapão.

A chapinha será formada por PR, PDT e PP.

O PT, assim como na chapa estadual, vai sozinho para federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *