Educação

Felipe Camarão se encontra com “Professora Érica” e leva boas novas para Coelho Neto

Felipe Camarão se encontra com “Professora Érica” e leva boas novas para Coelho Neto

O secretário estadual de educação, Felipe Camarão, esteve em Coelho Neto, e se encontrou com a menina Érica, mais conhecida como Professora Érica, de apenas 12 anos, filha de uma catadora de lixo, que viralizou nas redes sociais com sua história contada pela jornalista Neyara Pinheiro, de Teresina.

A menina dá aula em um lugar com paredes de barro, piso de terra batida, livros usados, ventiladores e móveis resgatados de lixão, com um cartaz na frente da pequena choupana, escrito à mão “Escolinha da Esperança”. érica disse à repórter que seu sonho é ser advogada porque muita gente é injustiçada no mundo.

O secretário de educação foi anunciar não só mais uma escola digna para o município, como outros benefícios para a educação do município. Felipe conheceu a escola de barro onde a menina leciona e levou Érica ao município de Duque Bacelar, para conhecer uma das escolas dignas do governo.

 

 

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Secretário Felipe Camarão divulga portaria com diretrizes para aulas com ensino híbrido em escolas da rede estadual

Secretário Felipe Camarão divulga portaria com diretrizes para aulas com ensino híbrido em escolas da rede estadual

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou, nesta segunda-feira (1º), Portaria com as diretrizes pedagógicas a serem adotadas pelos Centros de Ensino da Rede Pública Estadual no ano letivo de 2021, considerando atividades presenciais e não presenciais durante o período de pandemia da Covid-19. As orientações valem para o retorno das aulas, que pode ser em formato híbrido ou remoto, conforme indicadores epidemiológicos de cada região ou das características de cada unidade de ensino.

A Portaria estabelece o retorno das atividades pedagógicas, em caráter híbrido ou remoto, nas seguintes etapas: em janeiro, as escolas tiveram seus calendários regulares, com retorno presencial dos professores, equipe pedagógica e administrativa dos Centros de Ensino de tempo parcial, Centros Educa Mais e das Unidades Plenas do IEMA, para fins de planejamento e organização do ano letivo de 2021; e, a partir deste mês de fevereiro, o retorno dos estudantes, com o início do ano letivo nas escolas de Rede no dia 8, para o Ensino Médio Integral dos Centros Educa Mais e Unidades Plenas do IEMA; e dia 22 em escolas que funcionam em tempo parcial (Fundamental e Médio).

“A Portaria é um instrumento importante que irá nortear o trabalho da gestão escolar, bem como de toda a comunidade escolar, uma vez que estamos trabalhando para mitigar os impactos negativos da pandemia e garantir que nossos estudantes tenham acesso à aprendizagem com qualidade e segurança”, pontuou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, que assinou a Portaria.

O documento também traz informações importantes como o cumprimento da carga horária mínima anual obrigatória, e o continuum curricular, que foi definido pela Resolução nº 200, de 7 de dezembro de 2020, do Conselho Estadual de Educação, para o Ciclo de Aprendizagem, formado pela fusão de duas séries ou anos escolares contínuos, totalizando oito períodos letivos. Excetua-se nessa medida os estudantes da 3ª série do Ensino Médio e da 2ª etapa da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A Portaria orienta, ainda, que, na retomada das atividades pedagógicas, as unidades de ensino devem destinar momentos para: abordagem e acolhimento socioemocional dos estudantes e professores; avaliação diagnóstica e formativa, que contemple as especificidades de cada componente curricular para identificar as habilidades efetivamente consolidadas, no ano letivo de 2020, bem como aquelas que devem ser retomadas e/ou aprofundadas, no ano letivo subsequente.

O documento trata, também, da 4ª Série Opcional do Ensino Médio, que é facultada aos estudantes concluintes do Ensino Médio, em caráter excepcional, e permite a matrícula do aluno em períodos de estudos suplementares, presenciais ou híbridos, em conformidade com a disponibilidade de vagas ofertadas pela Rede Estadual de Ensino.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Carlos César Teixeira é nomeado novo reitor do IFMA

Carlos César Teixeira é nomeado novo reitor do IFMA

Cláudio Moraes

O professor do Instituto Federal do Maranhão, Carlos César Teixeira  Ferreira, já foi nomeado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, para exercer o cargo de reitor do IFMA, com mandato de quatro anos (2020/2024). O Decreto de nomeação, datado de 11/11,  foi publicado nesta quinta-feira, 12 de novembro, no Diário Oficial da União (DOU).

O atual reitor, Roberto Brandão, prossegue no cargo até a posse de Carlos César Teixeira, em Brasília. A data da solenidade na capital federal ainda não foi definida. Após a realização do ato oficial , será agendada a data de entrada em exercício em São Luís, com posse dos diretores gerais dos campi eleitos.

Transição

Os trabalhos para a transição de gestão no IFMA se iniciaram, de forma oficial, no dia 4 deste mês, em reunião realizada com a presença do atual reitor Roberto Brandão; do reitor eleito, Carlos Cesar Teixeira; além de servidores que integram a atual e o futuro corpo gestor do Instituto.  A transição obedece as diretrizes da  Portaria IFMA 5.106/2020.

Eleições no IFMA

A eleição para escolha do novo reitor do IFMA foi realizada no dia 12 de agosto e teve a participação de 13.606 eleitores, entre estudantes (10.597), docentes (1.641) e técnicos administrativos (1.368). O professor Carlos Cesar Teixeira foi eleito com aproximadamente 42% dos votos.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834

Felipe Camarão entrega Farol do Saber totalmente revitalizado em Altamira

Felipe Camarão entrega Farol do Saber totalmente revitalizado em Altamira

O secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão, que tem sido reconhecido nacionalmente pela postura, idéias e atitudes  frente à educação do estado, fez a entrega do Farol do Saber Iranir Monteiro Silva, totalmente reformado, nesta última quinta-feira (24), para os moradores do município de Altamira do Maranhão.

Em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura – SECMA, a reforma do farol, em toda a sua estrutura, está possibilitando a reabertura desse importante equipamento educacional que vai beneficiar a comunidade, principalmente, os estudantes do Centro de Ensino Gonçalves Dias, escola localizada ao lado da biblioteca, porque vão dispor de um espaço confortável, tranquilo e apropriado para a prática da leitura e dos estudos. O ambiente foi climatizado e ainda recebeu mobília e acervo novos.

“Mais uma biblioteca pública sendo devolvida aos maranhenses pelo governo Flávio Dino devidamente reformada, equipada e com novo acervo. Parceria firme da Seduc e a Secma”, afirmou Felipe Camarão.

Desde sua primeira reforma, no final dos anos 90, o Farol do Saber Iranir Monteiro Silva não recebia melhorias em sua estrutura. Para esta reforma, os investimentos foram da ordem de R$ 135.342,40 que permitiram a realização dos serviços de esquadrias, cobertura, colocação de forro PVC, louças e acessórios, instalações elétricas, pintura em geral, dentre outros serviços realizados.

Felipe Camarão segue sendo o melhor nome e o mais preparado na equipe do Governo Flávio Dino pelo seu desempenho à frente da pasta de educação.

 

Desde dos anos 90, o Farol do Saber Iranir Monteiro Silva não recebia melhorias em sua estrutura
A estrutura estava completamente abandonada
O local do saber estava completamente tomado pelo mato

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Vereadores de São Luís aprovam reajuste para profissionais do magistério

Vereadores de São Luís aprovam reajuste para profissionais do magistério

A Câmara Municipal de São Luís aprovou, na tarde desta sexta-feira (03), durante sessão extraordinária, realizada de maneira remota, um reajuste de 2,6% para os profissionais do magistério, que vai beneficiar, principalmente, 30 servidores que atuam na rede municipal de ensino, mas estavam com perdas salariais.

A proposta tramitava em regime de urgência. Segundo texto do projeto, a correção será aplicada assim que o dispositivo entrar em vigor na data de sua publicação, mas com efeitos financeiros a partir de 1º de janeiro de 2020, conforme o artigo 5º da Lei nº 11.738/2008.

A mensagem, de nº 06/2020, que acompanha o Projeto de Lei 027/2020, informa que o reajuste no vencimento vai atender os servidores públicos efetivos, inativos e pensionistas, constantes no anexo II, da Lei nº 4.931, de 07 de abril de 2008, que trata do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos profissionais do Magistério.

“Ressalto que esta recomposição proposta no presente Projeto de Lei, apresenta conformidade com o Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA), em vigência, bem como, com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) – Lei Complementar nº 101/2000”, destaca o chefe do Executivo, no documento encaminhado ao Legislativo.

Dos 22 vereadores conectados na plataforma, o texto recebeu apenas uma abstenção durante sua análise. A proposta destaca ainda, que este índice é para fins da recomposição de perda e equiparação ao Piso Salarial Nacional do Magistério, conforme determina Portaria Interministerial do MEC/MF, nº 03 de 13 de dezembro de 2019.

Com a aprovação, o projeto foi encaminhado para a redação final e seguirá para sanção do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). A sessão remota foi comandada pelo presidente da Casa, vereador Osmar Filho (PDT).

Nova diretoria do Instituto de Ciências do Mar da UFMA toma posse na Cidade Universitária

Nova diretoria do Instituto de Ciências do Mar da UFMA toma posse na Cidade Universitária

Tomou posse, na última segunda-feira, 23, na sala de reuniões da Reitoria, a nova direção do Instituto de Ciências do Mar da UFMA (ICMar), que contará com o professor Danilo Correa Lopes, do curso de Engenharia de Pesca da UFMA, Câmpus de Pinheiro, como novo diretor, além do docente Antônio Carlos Leal, do curso de Oceanografia, como vice-diretor, e do engenheiro de pesca do Câmpus de Pinheiro Fabiano Araújo França, como secretário do Instituto na UFMA.

A nova direção já adiantou, na ocasião, que um de seus principais objetivos será expandir, integrar e aperfeiçoar o ensino, a pesquisa e a extensão da Universidade com a criação de um novo comitê junto a órgãos do Estado do Maranhão, como a Marinha e a Secretaria Estadual do Meio Ambiente.

Danilo Lopes enfatizou que, com planejamento e diálogo com os outros órgãos do estado, os cursos que envolvem a ciência do mar vão estar mais completos e inseridos nos trabalhos que vão ser desenvolvidos pelo navio Ciência do Mar II, que é gerido pela UFMA por meio do ICMar e que facilita as aulas práticas e a formação dos estudantes de ciências marítimas, permitindo o manuseio e a operação de equipamentos de uso rotineiro em atividades científicas, como coleta, processamento e armazenamento de amostras biológicas e de dados.

A embarcação tem capacidade para dezoito pessoas, entre alunos e professores, além de oito tripulantes, totalizando 26 pessoas, e também tem por proposta beneficiar alunos e professores das instituições da região Norte do Brasil, além do Maranhão e do Piauí. “Nós temos a missão de montar uma comissão que vai trabalhar para a criação do regimento do navio Ciência do Mar. Além de expandir a questão do ensino, nós precisamos fazer parcerias para otimizar o uso dessa embarcação, principalmente na costa norte do Piauí e do Maranhão. Nossos parceiros vão entrar firmemente nesse apoio para melhorarmos e reformularmos as questões dessa embarcação, em termos de equipamentos específicos direcionados à pesquisa”, afirmou o novo diretor.

Para o reitor Natalino Salgado, que esteve trabalhando desde o começo do projeto do navio para que a UFMA estivesse à frente da gestão da embarcação, facilitar que o barco esteja mais próximo dos cursos e dos alunos é de extrema importância para o ensino da Universidade. “Quando eu estava à frente da reitoria, em 2014, assinei o contrato de construção do navio junto com o Ministério da Educação. Queremos, agora, institucionalizar a gestão desse navio, para que possamos, junto com os cursos de ciências do mar, com a Secretaria e a Marinha, atender à finalidade dele, que são as pesquisas e a inserção dos nossos alunos nas práticas acadêmicas”, concluiu.

O secretário Estadual do Meio Ambiente, Rafael Carvalho Ribeiro, firmou compromisso com a instituição e comentou que essa parceria é uma obrigação não apenas para a Universidade, mas também para toda a sociedade e o meio ambiente. “Eu acredito que a Secretaria vem a cumprir sua grande função social prestando apoio à academia. Esse é o patamar a que nós queremos chegar, em especial com relação ao controle nos problemas de balneabilidade dentro da linha litorânea. O navio vai poder nos ajudar a fortalecer nossas ações”, declarou.

Saiba mais

Em sessão de 30 de outubro, o Conselho Universitário (Consun) criou o Instituto de Ciências do Mar como empreendimento capaz de cumprir demandas gerenciais nos moldes já adotados por outros Institutos Federais de Ensino Superior que gerenciam embarcações de pesquisa e laboratórios de ensino flutuantes, viabilizando a gestão eficiente, atendendo às necessidades para o desenvolvimento das atividades inerentes a esse ambiente na UFMA.

O ICMar tem característica sustentável para o desempenho de suas atividades. O navio oceanográfico traz consigo aporte financeiro inicial para dar sustentação operacional nos primeiros anos. É ele, também, fonte e meio de captação de investimentos, nos âmbitos nacionais e internacionais, em projetos de pesquisa.

Jair Bolsonaro nomeia Natalino Salgado como reitor da UFMA

Jair Bolsonaro nomeia Natalino Salgado como reitor da UFMA

O presidente da República, Jair Bolsonaro, manteve o resultado das urnas nas eleições da Universidade Federal do Maranhão e acaba de nomear o professor doutor Natalino Salgado para reitor da instituição.

De acordo com a nomeação, Natalino Salgado assume a reitoria da Universidade Federal do Maranhão, a partir do dia 11 de novembro deste ano. Veja abaixo.

Vale lembrar que Natalino Salgado, em junho deste ano, venceu pela terceira vez a eleição de reitor da Universidade Federal do Maranhão. Natalino foi eleito com quase 60% da totalidade dos votos, vencendo entre todos os segmentos: professores, técnicos e alunos.

Natalino Salgado já foi reitor da Universidade Federal do Maranhão entre os anos de 2007 e 2015.

 

Vereador Astro de Ogum inicia projeto de inclusão digital com jovens e adultos da zona rural

Vereador Astro de Ogum inicia projeto de inclusão digital com jovens e adultos da zona rural

O vice-presidente da Câmara de São Luís, vereador Astro de Ogum, está colocando em prática mais um projeto de grande alcance social: trata-se do “Anet Astro”, que oferece Wi-Fi gratuito em locais públicos de comunidades da zona rural da capital.

A iniciativa que oferece internet rápida de 100 megas tem um alcance de 100 m em campo aberto. Com a proposta, o usuário pode assistir vídeos – inclusive das sessões na Câmara – em alta qualidade no dispositivo móvel sem precisar gastar seu plano de dados. Para se conectar, basta encontrar e selecionar a rede “Anet Astro” e informar a senha com mesmo login.

O programa que começou a ser testado hoje no bairro da Estiva, visa incluir jovens e adolescentes da região na era tecnológica. O projeto que vai ser estendido para outras praças da zina rural é realizado pelas lideranças John, Ivo, Joana, Kleber e Ailton, com a coordenação de Jeanne Medeiros.

Prefeitura de Santa Rita investe na Educação de Jovens e Adultos para erradicar o analfabetismo

Prefeitura de Santa Rita investe na Educação de Jovens e Adultos para erradicar o analfabetismo

Quando assumiu a Prefeitura de Santa Rita em janeiro de 2005, Hilton Gonçalo encontrou uma população de 33% analfabetos. Pensando em reduzir esse índice, o gestor investiu maciçamente em programas de alfabetização e principalmente na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Ao retornar ao cargo de prefeito em 2017, o prefeito Hilton Gonçalo tomou medidas para aumentar a capacitação da população.

Fez um grande investimento na Escola de Música Bruno Ferreira da Silva, que hoje possui 500 alunos, os quais são enquadrados da modalidade de EJA.

Além, a Prefeitura de Santa Rita ampliou as salas de aulas na zona rural, ofertando educação para aqueles que já não estavam mais em idade escolar.

Santa Rita possui muitas terras quilombolas, descendentes de escravos que não tiveram acesso a educação. Pensando nessa situação, o prefeito Hilton Gonçalo desde o seu primeiro mandato construiu escolas em terras quilombolas, chegando a criar a primeira Escola de Tempo Integral.

Nas escolas de Santa Rita, ainda são oferecidas na modalidade EJA cursos técnicos como de eletricista e costureira.

Diante da oferta, hoje Santa Rita possui quase 2.500 alunos matriculados na modalidade EJA. Esse investimento já trouxe resultados e a taxa de analfabetismo já foi reduzida, atualmente possui percentual de 21%.

Vereador Ricardo Diniz institui o dia Municipal do Voluntário

Vereador Ricardo Diniz institui o dia Municipal do Voluntário

 

O Vereador Ricardo Diniz (PRTB), através do Projeto de Lei número 167/19, institui o dia municipal do voluntário no calendário de datas comemorativas, no município de São Luís.

De acordo com estudo realizado pela Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança, definiu-se o voluntário como ator social e agente de transformação, que presta serviços não remunerados em benefício da comunidade. A partir da doação de seu tempo e conhecimento, realiza um trabalho solidário, atendendo tanto às necessidades do próximo ou aos imperativos de uma causa, como às suas próprias motivações pessoais, sejam estas de caráter religioso, cultural, filosófico, político ou emocional.

A proposta visa fortalecer a cultura e a prática do voluntariado na comunidade, no intuito de promover a participação dos cidadãos na solução de parte dos problemas sociais. Assim, o indivíduo poderá sentir-se útil e valorizado frente aos demais, à medida que contribui para a construção de uma sociedade mais justa e solidária.

Ademais, o trabalho voluntário amplia e fortalece os programas e serviços prestados à população, propiciando a inclusão social e melhorando a qualidade de vida das pessoas.

Segundo o vereador, a escolha do dia 18 de julho para homenagear o voluntário diz respeito à comemoração ao Dia Internacional de Nelson Mandela, um dos líderes mais corajosos e admiráveis do mundo, que dedicou 67 anos da sua vida na luta pela paz na humanidade e pelos direitos humanos. O Dia de Mandela, como também é conhecido, foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em novembro de 2009, através da aprovação em Assembleia Geral.

“O Dia Municipal do Voluntário vem contribuir para o exercício da cidadania, bem como para manutenção e desenvolvimento de iniciativas de diferente natureza, e acima de tudo, para que o Município conte, de forma gratuita, com valorosas participações nos mais diversos segmentos”, afirmou.