Cidades

Josivaldo JP assume vaga na Câmara Federal no lugar de Braide

Josivaldo JP assume vaga na Câmara Federal no lugar de Braide

A vitória de  Eduardo Braide como prefeito de São Luís vai abrir uma vaga na Câmara Federal, que deve ser ocupada pelo primeiro suplente da coligação  PHS/PMN,  que concorreu às eleições em 2018. A vaga é do empresário Josivaldo JP, ele obteve 23.113 votos.

Com base eleitoral em Imperatriz e região, o novo representante do Maranhão em Brasília é natural de Jacundá, no Pará.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Eduardo Braide é eleito prefeito de São Luís

Eduardo Braide é eleito prefeito de São Luís

Confirmando o que apontavam todas as pesquisas, Eduardo Braide (Podemos) foi eleito prefeito de São Luís. O deputado federal teve uma ascensão meteórica, quando saiu de um ilustre desconhecido na capital até as vésperas Do primeiro turno da eleição de 2016, para se tornar fenômeno no segundo turno, deputado federal mais votado de São Luís em 2018 e prefeito em 2020.

Com mais 95,56% das urnas apuradas, Eduardo Braide está com 55,87%, Duarte 44,13%.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Mayara Bronze lança produto Summer Gold com presença da Ex-BBB Patrícia Leite

Mayara Bronze lança produto Summer Gold com presença da Ex-BBB Patrícia Leite

Mayara Bronze é uma das maiores referências do mundo do Bronze em São Luís, mulher, negra, empreendedora, mãe, uma mulher que inspira outras mulheres, sendo a primeira maranhense a ser reconhecida nacionalmente, convidada a participar do programa Encontro com Fátima Bernardes. Atua no ramo do Bronze há cerca de 06 anos, mantendo sempre suas atividades de forma inovadora, trazendo diferentes maneiras de fazer bronzeamento para suas clientes.

No próximo dia 30 de novembro, Mayara Bronze irá ministrar o Workshop de aprendizagem de bronzeamento natural e banhos temáticos durante o dia e a noite acontece o badalado coquetel de lançamento do seu produto de bronzeamento Summer Gold com a presença da EX- BBB Patrícia Leite que é considerada a madrinha do bronze no Brasil. O evento acontece no Rio Poty Hotel ás 19h somente para convidados.

O Summer Gold tem o certificado pela ANVISA. O Summer Gold (SG) será o mais novo produto a atuar no meio do bronzeamento natural, tendo como finalidade bronzear todas as tonalidades de pele. Além disso, durante o workshop haverá também curso iniciante de primeiros socorros, como abrir uma empresa, cuidados com a pele, biossegurança (cuidados com o ambiente).

Para justificar ausência no domingo, eleitor deve baixar e-Título hoje

Para justificar ausência no domingo, eleitor deve baixar e-Título hoje

O eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral no segundo turno das eleições municipais, que ocorre amanhã (29), poderá justificar a ausência durante o horário de votação, entre as 7h e as 17h, por meio do aplicativo e-Título, mas somente se fizer o cadastro no serviço até as 23h59 deste sábado (28).

O serviço online também esteve disponível no domingo do primeiro turno (15 de novembro), mas apresentou falhas. Muitos eleitores reclamaram não conseguir justificar a ausência durante o horário de votação. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, atribuiu a instabilidade aos cadastros de última hora.

Para o segundo turno, o TSE informou que o acesso de novos usuários ao aplicativo (app) ficará restrito ao longo de todo o domingo, retornando apenas na segunda-feira (30). O tribunal disse ter realizado na quarta-feira (26) “novos testes de desempenho no e-Título e em seus sistemas para calibrar os serviços para o 2º turno”.

A justificativa pelo aplicativo no dia da eleição dispensa comprovação documental, pois o e-Título se vale do georreferenciamento presente nos celulares para certificar a ausência do eleitor.

Também é possível justificar a ausência pelo app depois da votação, num prazo de 60 dias, mas nesse caso a Justiça Eleitoral pede que seja anexado algum tipo de comprovação, como uma passagem ou uma reserva de hotel, por exemplo.

De acordo com dados da Justiça Federal, até agora foram processadas 1 milhão de justificativas relativas ao primeiro turno enviadas pelo e-Título. Dessas, cerca de 600 mil foram feitas no domingo de votação.

Até o primeiro turno, o e-Título havia sido baixado 16 milhões de vezes, segundo o TSE. O Brasil tem cerca de 148 milhões de eleitores. O e-Título dá acesso também a outros serviços projetados pela Justiça Eleitoral para facilitar o voto. No dia da votação, por exemplo, o aplicativo pode servir como documento oficial de identificação para o eleitor que já tenha feito o cadastramento biométrico na Justiça Eleitoral.

No dia da votação, o aplicativo também permite ao eleitor checar sua seção eleitoral, que pode ter mudado devido a remanejamentos provocados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Debate da TV Guará é cancelado após vice de Eduardo Braide testar positivo

Debate da TV Guará é cancelado após vice de Eduardo Braide testar positivo

O Debate da TV Guará, que aconteceria nesta terça-feira (24) às 22h, foi cancelado após candidato Eduardo Braide suspender sua agenda por ter tido contato com sua vice candidata Esmênia Miranda (PSD), que testou positivo para Covid-19 na tarde de hoje.

Segundo regras acordadas entre a TV Guará e os dois candidatos, em caso de doença em qualquer um dos candidatos, o debate seria cancelado. Embora não seja o próprio candidato a testar positivo, o contato com a vice é intenso e frequente, motivo pelo qual, por segurança, o candidato resolveu cancelar a agenda até receber o resultado do próprio exame.

Você continua acompanhando a política local na quinta-feira (26), no programa Os Analistas.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Câmara de Vereadores de São Luís terá um mandato coletivo

Câmara de Vereadores de São Luís terá um mandato coletivo

São Luís terá uma renovação de 46% na Câmara de Vereadores de São Luís, mas a novidade para a próxima legislatura é um mandato coletivo, o primeiro eleito no Maranhão. O coletivo “Nós” é formado por militantes do PT e conta com seis membros que moram em bairros da zona rural e periferia de São Luís.

Nas eleições municipais de 2020 houveram três candidaturas coletivas em São Luís, em sua maioria, formadas por jovens. Eleitos com 2.110 votos, o coletivo é formato por Jhonatan Soares, Flávia Almeida Reis, Delmar Matias, Eunice Costa, Maria Raimunda e Eni Ribeiro.

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Felipe dos Pneus vence grupo tradicional que estava no poder há 30 anos em Santa Inês

Felipe dos Pneus vence grupo tradicional que estava no poder há 30 anos em Santa Inês

O jovem deputado estadual, Felipe dos Pneus, foi eleito o novo prefeito de Santa Inês neste domingo, 15. Numa disputa inédita no município em que concorreram ao executivo 7 candidatos, o parlamentar do partido Republicanos teve votação de 21.759 votos contra 18.766 votos do segundo colocado, Valdevino Cabral Filho (PL), totalizando uma diferença de 2.993 votos.

A vitória de Felipe dos Pneus foi histórica! Ele venceu o grupo político mais tradicional em atividade no município. Cabral foi eleito prefeito pela primeira vez em 1989. De lá pra cá, além de mais dois mandatos como prefeito e dois como deputado estadual, os sucessores que comandaram Santa Inês foram indicados por ele. Atualmente, o vice-prefeito é o filho dele, Marcelo Cabral.

Os primeiros resultados começaram a ser divulgados pelo Tribunal Regional Eleitoral por volta das 20h com Felipe já na frente abrindo uma diferença de mais de 3 mil votos. Nesse horário os eleitores espalhados pela cidade já comemoravam a vitória do jovem republicano. O resultado final só foi divulgado por volta as 22h. Logo em seguida uma multidão saiu pelas ruas da cidade vibrando pelo rompimento de um ciclo e declarando um novo tempo em Santa Inês.

Durante toda a campanha, Felipe dos Pneus apresentou propostas que compunham o Rota de Desenvolvimento, nome do seu plano de governo. Todas as áreas foram contempladas no plano. Porém, as prioridades foram: saúde, geração de emprego e renda, lazer, educação e infraestrutura. Sempre com o foco em melhorar a qualidade de vida do santanesense. “Nós vamos trabalhar para que as pessoas sintam orgulho em dizer que moram aqui”, destacou Felipe.

Enquanto que Cabral pregava a experiência e ataques pessoais contra Felipe, inclusive com fake news de suposta tentativa de assassinato no dia do pleito, Felipe dos Pneus propagava que o mais importante para governar bem e ter destaque no poder público é ter força de vontade. Ele mesmo é prova disso. Ele é o primeiro membro de sua família na política. Disputou a primeira eleição em 2018 ao cargo de deputado estadual. Ele foi eleito obtendo votação em 162 municípios maranhenses. Com muita dedicação, logo no primeiro ano de seu mandato acabou ficando entre os 10 parlamentares mais atuantes. Foi aclamado pela população de Santa Inês pelo recorde em ações desenvolvidas por meio de seu trabalho na Assembleia Legislativa.

Além de tirar do poder o grupo mais tradicional de Santa Inês, Felipe já havia entrado pra história no município em ser o político que mais trabalhou em apenas 21 meses. Como exemplo, a cidade ganhou uma praça nova, uma policlínica e ambulâncias.

Agora, Felipe diz que vai colocar em prática o Rota do Desenvolvimento. “Nosso plano de governo divide as ações em três etapas: emergências, de médio e longo prazo. Como vamos assumir em janeiro, e nessa época estaremos no período chuvoso, nosso primeiro trabalho emergencial será a limpeza de córregos para evitar alagamentos, um problema antigo na cidade”, enfatiza.

Felipe mantém seus trabalhos na Assembleia até o termino deste ano. Paralelamente a isso, já articula sua equipe de transição e ações para começar a governar com trabalho. Ainda este ano já pretende ir à Brasília atrás de recursos para começar a construir o hospital próprio do município ainda em 2021. Pelo jeito, a população soube escolher bem seu representante no poder executivo.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

 

Saiba quem são os vereadores eleitos para a Câmara de São Luís

Saiba quem são os vereadores eleitos para a Câmara de São Luís

Câmara de São Luís-MA

Trinta e um vereadores foram eleitos para a próxima legislatura da Câmara Municipal de São Luís. O parlamentar eleito com mais votos, Osmar Filho (PDT), teve 7.447, enquanto o candidato com menos votos a ser eleito, Marlon Botão(PSB), teve 2.013 .

 

Veja abaixo:

Osmar Filho (PDT) – 7.447 votos

Marquinhos (DEM) – 7.346 votos

Raimundo Penha (PDT) – 6.999 votos

Rosana da Saúde (REPUBLICANOS) – 6.984 votos

Nato Junior (PDT) – 6.665 votos

Paulo Victor (PCdoB) – 6.035 votos

Astro de Ogum (PCdoB) – 6.016 votos

Beto Castro (AVANTE) – 5.885 votos

Edson Gaguinho (DEM) – 5.690 votos

Fátima Araújo (PCdoB) – 5.446 votos

Concita Pinto (PCdoB) – 5.319 votos

Chico Carvalho (PSL) – 5.221 votos

Octávio Soeiro (PODE) – 5.199 votos

Thyago Freitas (DC) – 5.082 votos

Aldir Júnior (PL) – 4.855 votos

Umbelino Junior (PRTB) – 4.755 votos

Marcial Lima (PODE) – 4.548 votos

Antonio Garcez (PTC) – 4.143 votos

Domingos Paz (PODE) – 3.930 votos

Andrey Monteiro (REPUBLICANOS) – 3.906 votos

Dr Gutemberg (PSC) – 3.480 votos

Chaguinhas (PODE) – 3.450 votos

Ribeiro Neto (PMN) – 3.310 votos

Silvana Noely (PTB) – 2.913 votos

Daniel Oliveira (PL) – 2.890 votos

Álvaro Pires (PMN) – 2.827 votos

Marcos Castro (PMN) – 2.607 votos

Karla Sarney (PSD) – 2.594 votos

Batista Matos (PATRIOTA) – 2.506 votos

Coletivo Nos (PT) – 2.110 votos

 Marlon Botão (PSB) – 2.013 votos

 

RELAÇÃO DE VOTAÇÃO POR PARTIDO DOS ELEITOS:

PODEMOS

Octávio Soeiro – 5.199 votos
Marcial Lima – 4.548 votos
Domingos Paz – 3.930 votos
Chaguinhas – 3.450 votos

PCdoB

Paulo Victor – 6.035 votos
Astro de Ogum – 6.016 votos
Fátima Araújo – 5.446 votos
Concita Pinto – 5.319 votos

PDT

Osmar Filho – 7.447 votos
Raimundo Penha – 6.999 votos
Nato Junior – 6.665 votos

PMN

Ribeiro Neto – 3.310 votos
Álvaro Pires – 2.827 votos
Marcos Castro – 2.607 votos

DEM

Marquinhos – 7.346 votos
Edson Gaguinho – 5.690 votos

REPUBLICANOS

Rosana da Saúde – 6.984 votos
Andrey Monteiro – 3.906 votos

PL

Aldir Júnior – 4.855 votos
Daniel Oliveira – 2.890 votos

AVANTE

Beto Castro – 5.885 votos

PSL

Chico Carvalho – 5.221 votos

DC

Thyago Freitas – 5.082 votos

PRTB

Umbelino Junior – 4.755 votos

PTC

Antonio Garcez – 4.143 votos

PSC

Dr Gutemberg – 3.480 votos

PSD

Karla Sarney – 2.594 votos

PATRIOTA

Batista Matos – 2.506 votos

PT

Coletivo Nos – 2.110 votos

PSB

Marlon Botão – 2.013 votos

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.

Polícia Federal efetua prisões em Imperatriz e Caxias por prática de “boca de urna”

Polícia Federal efetua prisões em Imperatriz e Caxias por prática de “boca de urna”

A Polícia Federal deflagrou, na madrugada deste domingo (15/11/2020), a operação “Vôo da Madrugada” visando combater a propaganda eleitoral ilegal no dia das eleições municipais de 2020.

Prática comum em todas as eleições, os infratores aproveitam a madrugada do dia da votação para distribuírem os “santinhos” dos candidatos nas ruas da cidade, principalmente, nas regiões próximas aos locais de votação. A prática visa angariar eleitores indecisos que se deslocam ao local de votação apenas para cumprir o seu dever constitucional de votar – no Brasil o voto é obrigatório para os maiores de dezoito anos, conforme art. 14, §1º da Constituição Federal. Assim, esses eleitores utilizam os santinhos irregularmente derramados como “cola” para registrar seu voto na urna eletrônica.

Na cidade de Caxias/MA Policiais Federais conduziram para a Delegacia 12 (doze) pessoas, que estavam em frente a um local de votação arremessando “santinhos” de um candidato a vereador. O fato ocorreu às 2:00 hs da madrugada quando uma equipe policial filmou o momento em que se deu tal ação delituosa. No momento da abordagem, os Policiais encontraram as pessoas que andavam em 2 veículos cheios de santinhos, cartazes, colas e bandeiras com o nome do então candidato a vereador pelo município de Caxias. Os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Federal junto com os veículos e o material encontrado.

Em outra ação, na mesma cidade, Policiais Federais conduziram para a Delegacia da PF em Caxias/MA 05 (cinco) pessoas que foram flagradas em atividade de boca-de-urna. O fato ocorreu ás 7:05hs em uma seção eleitoral da cidade. Os indivíduos foram flagrados por fiscal distribuindo material de campanha (santinhos e adesivos) de uma candidata a vereadora e um candidato a prefeito. Todo o material foi apreendido e após a confecção das peças os autuados foram liberados e se encontram a disposição da Justiça Eleitoral.

Em Imperatriz/MA por volta 05 horas da manhã, Agentes Federais conduziram 03 (três) pessoas para Delegacia da PF por terem sido flagradas derramando “santinhos” de um candidato a vereador em frente ao INSS. No carro dos conduzidos foram encontrados vários santinhos e uma bandeira do candidato, além de latinhas de cerveja e uma pequena quantidade de substância branca armazenada em um pequeno saco plástico.

A legislação eleitoral permite que até a véspera da eleição os candidatos distribuam material de campanha. Contudo, a distribuição de qualquer tipo de propaganda eleitoral, no dia da eleição, é ilegal. Assim, além de politicamente incorreta e ecologicamente repudiada, essa prática configura crime de propaganda eleitoral irregular (art. 39, §5º, II da Lei 9.504/97) e crime ambiental (art. 54 da Lei 9.605/98), cujas penalidades são detenção, de seis meses a um ano e reclusão, de um a quatro anos, respectivamente, além de multa.

A medida é uma das ações que a Polícia Federal está realizando para combater as práticas criminosas durante as eleições municipais de 2020 e garantir um período eleitoral seguro para a população.

 

Leia mais notícias em www.dalvanamendes.com e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Blog por WhatsApp pelo telefone (98) 98784-1834.